Lições de Vida – Anne Tyler

Maggie Moran e seu marido são comuns, até um pouco tediosos. E é esse realismo que torna esta história tão eficaz e comovente... Começa em um dia de verão, quando Maggie e Ira viajam de Baltimore para a Pensilvânia para um funeral. Maggie é impetuosa, desastrada, desajeitada, propensa a acidentes e tagarela. Ira é reservado, preciso, respeitável, tem uma mania irritante de assobiar músicas que traem seus pensamentos mais profundos e acha que sua esposa transforma os fatos de maneira que se encaixem na sua opinião sobre as pessoas que ama.
Ambos sentem que seus filhos são estranhos, que a cultura das novas gerações está indo por água abaixo e que, de alguma forma, se enganaram com essa sociedade cujos valores não reconhecem mais. Mas esta viagem vai levá-los a refletir sobre estas angústias, e vai mostrá-los como é importante reavaliar seus sentimentos.
            Começo dizendo que eu quase surtei quando vi a capa deste livro, eu achei simplesmente PERFEITA, realmente capta a essência do conteúdo, algo realmente interessante, uma leitura boa e calma. Sabe aquele livro bom, mas sem enormes reviravoltas ou coisas do tipo? Uma história que realmente merece ser lida. Achei que a leitura flui de maneira fácil, embora eu tenha tido uma relação de amor e ódio com a personagem principal.
          Embora eu ache muito legal o fato da Maggie sempre dar tudo de si para unir a família, e fazer as coisas que ela acha necessário, eu acredito que às vezes ela simplesmente fica 'cega' aos defeitos de certas pessoas, o que acaba machucando não só ela, mas os outros envolvidos. Já do marido dela, o Ira, eu gostei muito mais, ele é mais reservado, um tanto 'pé no chão', demais às vezes, mas sem me irritar, ele é a "razão" da relação entre os dois, já que Maggie é mais sonhadora e age sempre com o coração.
          A história nos mostra um casal de pessoas normais, sem um casamento perfeito, algo mais 'real' e que é, ao mesmo tempo eu diria, gracioso, porque apresenta como eles conseguiram ficar juntos tanto tempo, superando as brigas, como eles se conheceram, e como eles lidam com sua família, seu filho (gente, confesso que este filho deles foi o único personagem que realmente me irritou bastante!). Mas eu com certeza não poderia deixar de mencionar o Sr. Otis,  que foi um personagem super engraçado e que deu um pouco mais de "vida" àquele livro, sério, é tipo muito legal como eles se conhecem, e eu não quero falar aqui para que vocês, leitores queridos, possam conferir esta parte que na minha opinião foi uma das mais legais do livro, porque embora eu tenha gostado deste livro achei  ele meio parado às vezes.

     Resumindo, é um livro que fala sobre uma família, sua convivência no geral, suas qualidades e defeitos, mas não é uma história que não remete a grandes reflexões. Dito isso, eu recomendo este livro para aqueles que gostam de algo mais leve e que tem aquele certo "quê a mais" que consegue se diferenciar da maioria de uma maneira graciosa, e que somente uma autora realmente maravilhosa como Anne Tyler consegue fazer.
Avaliação






Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Também gostei bastante da capa, apesar de ler que o livro é um pouco parado às vezes, talvez Vale a pena ler o livro, por ser uma história mais real, gosto bastante de histórias assim, com certeza o lerei, assim que possível, claro...
    fabricio-fenix2010@hotmail.com

    Chance extra -Participando da Fan Page da Novo conceito.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei animadíssima para ler esse livro. Logo porque a capa te trás essa sensação de coisa boa e outra, gostei da trama do livro, nada muito pesado nem cansativo de se ler.
    Espero poder conferir está história em breve.
    Beijos.

    danydanizinha1@hotmail.com
    chance extra - - Skoob da Novo Conceito

    ResponderExcluir
  3. Uma história como a que você descreveu aqui é que estou precisando no momento. Algo que não vá revolucionar mas que possa transformar minha leitura em algo mais prazeroso e agradável. Quem sabe eu não me apaixone por ele como você? Adorei ler sua resenha e conhecer essa adorável família. Beijos.
    elizabethmsalles@hotmail.com
    “Chance Extra – Estou participando da fan page da Editora Novo Conceito”.

    ResponderExcluir
  4. Acho muito interessante autores que tem a capacidade de escrever um romance "real", nada muito conto de fadas perfeito demais assim podemos nos identificar mais ainda com a historia e o fato de não haver altas reflexões deixa o livro mais leve e flui de modo natural.
    A capa realmente é belíssima fiquei tentada a conhecer a historia de uma família que luta para ser feliz!!
    szane@hotmail.com
    Chance extra - estou participando da fan page da Novo Conceito

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nada dessa autora. Também gostei da capa. Acho que vou gostar desse livro. Gosto de histórias com um certo "quê a mais"...

    @Leila_C_S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chance Extra – Estou participando do Twitter da Editora Novo Conceito

      Excluir
  6. vish... ao contrário de vc, eu não gostei muito desta capa, nem cheguei a ler a sinopse! rsrsrsrsrrsrs

    Mas gostei da sua resenha, se eu colocar uma das minhas capas de livro, acho que consigo ler.... rsrsrsrrsrsrs

    bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chance Extra – Estou participando do Twitter da Editora Novo Conceito

      Excluir
  7. Parece um daqueles livros que você ler sem emoção, mas de vez em quando da um suspiro "awn" eu quero! fro_thielly@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Acho a capa bem bonita também. Mas não me chamou a atenção, parece um livro sem muita emoção.
    quizy@ig.com.br

    ResponderExcluir