Lançamentos de Março e Abril da Harlequin


Oii, gente! Como vocês estão? Hoje é dia de post de lançamentos de uma editora muito querida, a Harlequin. Trouxemos as novidades de dois meses de uma só vez e estamos muito empolgadas, porque são vários títulos maravilhosos. Os que mais estou ansiosa são “Todos os Sonhos Dele” e “Um Amor Inesperado”, ambos da série Família Kowalski, de Shannon Stacey, que estou adorando acompanhar.
MARÇO

Todos os Sonhos Dele - Família Kowalski #06 - Shannon Stacey
O despertar do amor!
A bela Katie Davis cresceu com os Kowalski e sempre foi considerada “um dos rapazes”. Porém, seus sentimentos por Josh Kowalski não são nada fraternais. E ele também parece estar começando a enxergar a mulher que Katie se tornou. Ela esperou muitos anos para que Josh a notas¬se, mas talvez seja tarde demais. Entregar seu coração para um homem que quer deixar a cidade o mais rápido possível é um jeito fácil de se decepcionar. Contudo, Josh continua inventando motivos para ficar… E ele logo per¬ceberá que tudo o que precisa para realizar seus sonhos é ficar ao lado de Katie.
As Noivas Balfour #02 - India Grey & Kim Lawrence
 Herdeira da Inocência - India Grey
A sedução de um príncipe!
Ela fugiu de sua vida perfeita ao descobrir que foi construída em cima de mentiras. Porém, como estava sem dinheiro, Emily Balfour não pôde recusar a oferta do príncipe Luis Cordoba. Ela precisava de um teto sobre sua cabeça, mesmo que significasse ter de dividir a cama com esse notório playboy. Para Luis, conquistar essa bela herdeira é um desafio. Por mais que ela o deseje, seu coração está relutante. Afinal, Emily não quer se tornar apenas mais uma das conquistas do príncipe...
Herdeira da Sedução - Kim Lawrence
Amor verdadeiro?
As Balfour são belas, extravagantes e glamourosas… exceto Sophie. Convencida de que é comum e sem atrativos, ela foge dos holofotes. Contudo, seu pai está cansado de vê-la se esconder. Por isso, encontra um emprego que ajudará a aumentar a autoconfiança dela. Trabalhar para o irresistível siciliano Marco Speranza é uma revelação. Sophie sabe que não é bonita o suficiente para atrair a atenção de um homem tão poderoso. Ainda assim, ele parece determinado a seduzi-la. Mas será que o interesse desse estonteante bilionário carrega motivos ocultos?

Desejo & Conquista - Kate Hewitt & Michelle Conder
 Tempestade de Paixão - Kate Hewitt
Uma esposa temporária?
Hannah Stewart fica surpresa quando seu chefe exige que ela o acompanhe em uma importante viagem de negócios… até Luca Moretti apresentá-la como sua noiva! Ele não permitirá que nada, nem mesmo sua adorada vida de solteiro, fique no caminho de seu sucesso. Por isso, expandir temporariamente as funções de Hannah era a solução perfeita. Contudo, ele não esperava que o charme da assistente testaria tanto seu notório autocontrole. A paixão proibida que existe entre eles é intensa demais para ser ignorada. Mas o que acontecerá quando a viagem terminar?
Teia de Atração - Michelle Conder
Inimiga ou amante?
Dare James está furioso. Uma mulher conseguiu colocar as garras em seu avô! Dominado pela raiva, ele retorna à propriedade da família pronto para resolver o problema…apenas para se ver completamente encantado pela garota que planejava despejar. Carly Evans fica horrorizada ao descobrir o que Dare pensa. Afinal, ela é médica, não uma interesseira. Tudo o que Carly quer é apagar o sorriso pretensioso do rosto de Dare. Porém, antes que percebesse, ela estava presa a uma inescapável teia de atração. E, de repente, desafiar esse poderoso bilionário era a última coisa que Carly desejava fazer.


As Minhas Receitas Japonesas - Mari Hirata

Tenho certeza que já comentei em resenhas (acredito que no livro Kaori) que amo cultura japonesa né? E logo a culinária japonesa não fica atrás, claro não foi sempre assim, e eu costumo dizer a quem diz que não gosta que é uma questão de acostumar o paladar a tantas texturas e temperaturas. E quando eu me refiro a culinária japonesa não são apenas a suhis e sashimis, mas toda a sorte de comidas do dia a dia como um bom lamen ou gyudon.

Na minha última bienal em São Paulo esbarrei com o livro As Minhas Receitas Japonesa, da autora Mari Hirata, publicado pela Publifolha, por apenas cinco reais, junto ao fato do meu gosto pela comida também vem o fato de eu amar cozinhar, logo esse livro foi amor a primeira vista!

Embora pareça que trata-se de um livro tradicional de culinária não é esse apenas o objetivo da autora, sim ele tem muitas receitas, mas antes disso é uma obra recheada de cultura e costumes japoneses, isso porque Hirata é uma colunista gastronômica e chef de cozinha que mora fazem muitos anos no Japão. Ela é nascida no Brasil, depois foi estudar gastronomia em Paris, mas foi no Japão, terra de seus descendentes, que parece que ela encontrou seu lugar.

O livro é a reunião de alguns de seus textos publicados em sua coluna juntamente com uma receita dentro da temática que ela aborda. Assim conhecemos a origem de alguns pratos, tanto de seu preparo quanto de seus ingredientes, e a relação que os japoneses têm com a comida. E por mais estranho que pareça Hirata dá aulas de culinária japonesa, e com isso acabou criando alguns pratos onde funde as duas cozinhas, como é o caso do pão de 'queijo' de gergelim que tem sua receita no livro.

E antes que você pense que trata-se de receitas elaboradas e difíceis, não se engane uma ou outra pode dar certo trabalho, mas todas são acessíveis, e essa foi uma preocupação da autora na seleção para o livro. Ela diz ter feito todas as receitas em sua última visita ao Brasil para ter certeza que os ingredientes podiam ser encontrados aqui. E assino embaixo quanto a isso aqui na cidade de São Paulo. Para os menos experientes ainda com os nomes dos alimentos ela criou ao final do livro um glossário com os respectivos termos.


E Se For Você? - Rebecca Donovan

Cal leva uma vida bem diferente de seus tempos de colégio, afinal naquela época ele era mais quieto e não tinha sorte com as garotas. Agora, na faculdade, ele ganhou massa muscular e novos amigos, frequenta várias festas, e de quebra conquistou a atenção das mulheres, apesar de ainda não saber como lidar com elas realmente. Mas uma coisa nunca mudou: ele ainda não esqueceu da menina que fazia seu coração balançar desde que ainda era bem novinho, Nicole Bentley.
Sua vida segue normal, sem que ele tenha qualquer informação a respeito dela há mais de um ano, quando se formaram no ensino médio, e não fala com ela há anos, desde que Nicole parou de falar com ele e seus antigos amigos para andar com novos e mais populares.
Até que ele encontra uma garota nervosinha, dona dos mais belos olhos azuis, e percebe que aquela é Nicole. Mas, ao mesmo tempo, não é, já que essa garota se chama Nyelle Preston, tem uma aparência desleixada, completamente diferente da que conhecia em seu passado, que sempre vivia arrumada impecavelmente, e uma personalidade oposta a dela, sendo impulsiva, ousada, meio doidinha e dona das ideias mais inusitadas de todas.
Mas Cal fica intrigado. Quem será essa garota que se parece tanto com Nicole em alguns aspectos, mas é totalmente diferente na maioria deles? Ela só quer aproveitar a vida e o convida para curtir com ele, e, claro, Cal aceita, fascinado pela bela mulher à sua frente e empolgado por compartilhar com ela alguns momentos que com certeza serão memoráveis. Enquanto isso, tenta desvendar seu passado, afinal ela é completamente misteriosa e evasiva quando se trata de sua vida pessoal. Mesmo assim, Cal não vai desistir de encontrar respostas. Só que, talvez, ele não esteja preparado para as revelações que virão com isso.
Desde que a Globo Alt publicou “E Se For Você?”, em 2015, tenho vontade de ler este título, já que trata de um assunto que muito me interessa e me faz ter vontade e grandes expectativas de ler: uma pessoa que você não vê há anos reaparece em sua vida, mas com outra personalidade e outro nome. Será que é a mesma pessoa? Se sim, o que pode ter acontecido? Ela perdeu a memória ou está apenas fingindo a coisa toda? Ou será que há alguém tão semelhante a ela no mundo que lhe faça questionar se há uma irmã gêmea que você nunca conheceu? Com esse enredo bem intrigante que nos faz querer desvendar tudo enquanto criamos as mais diversas teorias, esta obra me chamava para si.
Porém, algum tempo se passou sem que eu tivesse a oportunidade de lê-la. Até que finalmente este dia chegou e posso dizer que gostei bastante, mas minhas expectativas estavam bem altas, então acho que ficou devendo um pouquinho para o que eu esperava. Talvez por conta de alguns comportamentos de Cal, que vou explicar mais abaixo. Mas, resumindo, eu gostei muito do que encontrei, só não vai disputar a vaga de melhor leitura do ano até o momento.
Uma das coisas que mais curti no livro é a amizade nele retratada, já que nos apresenta pessoas que se conheceram ainda na infância, que viviam fazendo tudo juntos, e continuaram (ou ao menos alguns deles) muito unidos no futuro.
A leitura flui muito bem e a narrativa de Rebecca, que eu não conhecia até então, é realmente muito gostosa e nos prende com facilidade, fazendo com que nem percebamos a leitura avançando e, quando enfim nos deparamos, já estamos nos aproximando do fim.
Além do mais, essa pontinha de mistério faz com que a gente se envolva muito com a trama, desejando saber o que realmente aconteceu ali, quais são os segredos escondidos por trás de cada resposta de Nyelle, e o que ela vai revelar a Cal com o passar das páginas e com a interação entre eles aumentando. É muito instigante esperar por mais informações enquanto bolamos nossas próprias teorias a respeito de tudo.


A Garota do Lago - Charlie Donlea

Depois de viver uma experiência dolorosa em sua vida, a repórter investigativa Kelsey Castle, se afasta de seu emprego por um tempo. Até que decide voltar à ativa, mesmo que não seja inteiramente recomendado, e seu chefe, Penn, lhe conta de um acontecimento que pode vir a ser enorme, caso respostas sejam encontradas. Sabendo do grande talento de sua melhor profissional, e querendo lhe ajudar a superar o que vivenciou, ele decide mandá-la para lá, pois ao mesmo tempo em que ela poderia relaxar um pouco com a beleza do local, estaria atrás de uma história muito importante.
O caso consiste em um assassinato que ocorreu semanas atrás, de uma jovem de nome Becca Eckersley, que era estudante de direito e filha de um poderoso advogado. O problema é que a moça levava uma ótima vida e o crime foi em uma linda cidade pacata onde todos se conheciam, chamada Summit Lake, um local entre as montanhas, à beira de um lago, e este é o único homicídio documentado na história do lugar. Até o momento, não há grandes evidências que levem as autoridades à resolução do caso, e com o passar do tempo, vai ficando mais complicado chegar ao verdadeiro culpado.
É aí que entra Kelsey, que tem uma grande determinação e se empenha completamente neste trabalho para desvendar o crime e, assim, conseguir seu furo de reportagem. Ela talvez tenha uma sorte muito grande, ou é uma ótima manipuladora, e consegue fazer com que as pessoas lhe contem coisas que antes não contavam a ninguém, e inclusive omitiam informações importantes para desvendarem o mistério do assassinato de Becca.
Até mesmo o delegado, que tinha poucas evidências, lhe contou tudo, mesmo que vários outros repórteres antes dela tenham tentado obter informações com ele em vão, e entregou-lhe uma pasta com todas os arquivos que possuía, pois ela prometeu que o contataria novamente quando soubesse de algo.
Outra moradora da cidade, que era dona de uma lanchonete, na qual Becca passou sua última noite, também revelou um segredo a ela, que sua filha havia lhe contado e pediu para não expor a ninguém. Há também um médico, para quem ela pede informações, que mesmo não sendo do setor, acaba descobrindo muitas coisas e as revela para Kelsey. E ainda existe uma jovem, que trabalhava no café, que também faz parte destas pessoas que ajudaram a desvendar a trama.
Essa facilidade que Kelsey tinha em obter e desvendar informações importantes que ninguém revelava a outras pessoas, soou um pouco forçado para mim. Coisas como esta destreza e “sorte” que a protagonista tinha eu não entendi muito bem. Como assim?! Por que escolhiam contar tudo a ela não tendo contado para ninguém mais? Tirando isso, o livro foi incrivelmente sensacional.
Kelsey se aprofunda muito nesse caso, pois viveu uma terrível experiência bastante semelhante à de Becca, com a diferença de que ela sobreviveu, enquanto a outra, não. Por conta disso, nossa protagonista se empenha mais e mais na busca por respostas e não descansa até encontrá-las.
Gostei muito de Castle, pela sua determinação em chegar ao desfecho desta trama, a maneira como ela conseguiu atrair para si as pessoas ao seu redor, fazendo com que confiassem nela o suficiente para ajudá-la na resolução de um caso que mudaria sua vida (apesar de no começo ter achado isso um pouco forçado), sua garra para dar a volta por cima depois de ela própria ter enfrentado algo muito ruim em sua vida, e sua personalidade forte.  
Este, como vocês podem perceber pela resenha, é um livro de suspense, porém, como uma pessoa que adora uma pitada de romance, posso afirmar que ele está presente na obra, apesar de bem sutilmente, o que me fez gostar mais ainda.
Não consegui parar de ler o livro, e a cada página virada, ele se tornava mais emocionante, porque gosto de desvendar mistérios e fico ansiosa para encontrar a resolução logo. Por incrível que pareça, e por conta da minha curiosidade, já estava imaginando quem havia matado a moça, só que a pessoa que eu estava acreditando que fosse a culpada, provavelmente não poderia ser, já que descobrimos algo a respeito dela que impossibilitaria isso. Porém, como um bom livro, há muitas reviravoltas, e talvez eu estivesse certa o tempo todo. Mas não vou comentar quem ou o porquê de eu achar isso, e nem se eu estava mesmo correta, porque poderia ser spoiler.
Essa obra foi muito bem desenvolvida, com todos os pontos encaixados perfeitamente no desfecho, então posso afirmar que o final me surpreendeu muito. E o autor soube manter a atenção do leitor de uma forma impressionante, característica que nem todos conseguem, fazendo com que a gente sinta vontade de devorar todas as páginas para chegar ao tão desejado final o quanto antes, e ainda podemos contar com uma narrativa fluida e interessante.


Ninguém Vira Adulto de Verdade – Rabiscos da Sarah #01 – Sarah Andersen

Hoje eu vim falar de um exemplar muito fofo que não conta uma história, mas momentos que a maioria de nós provavelmente vai passar em nossas vidas. “Ninguém Vira Adulto de Verdade” é uma coletânea de tirinhas ilustradas e escritas por Sarah Andersen, que traz situações do cotidiano de uma forma cômica e completamente identificável. Eu duvido que o leitor não vá se “enxergar” em pelo menos uma das cenas ali representadas. Eu pelo menos me identifiquei com várias delas e sorri todas as vezes.
Como o próprio título já sugere, vamos encontrar neste livro tirinhas relacionadas com a transição da fase adolescente para jovem adulta/new adult, quando as coisas começam a mudar de verdade, e precisamos lidar com algumas questões. Então vamos encontrar cenas a respeito de autoestima, relacionamentos, responsabilidades novas, amizades, aprender a lidar com nós mesmos, o que gostamos e o que não gostamos, e muito mais.

E Sarah faz tudo isso com muito humor, mostrando que ela e muitas outras pessoas são gente como a gente, sentem coisas parecidas, agem de maneira semelhante e também têm dificuldades de realizar determinadas tarefas na vida. Ela mostra dificuldades, peculiaridades, entre outros, de maneira dinâmica e fluida, com ilustrações engraçadas e fofas.

Tirei algumas fotos para ilustrar o post com tirinhas variadas, inclusive a que eu mais gostei e me identifiquei muito (hahahaha), mas vou comentar sobre algumas outras aqui também. Há páginas com situações envolvendo leituras, como habilidades que nós, leitores, desenvolvemos, por exemplo, ler andando na rua, arrumar locais confortáveis para relaxar com nosso livro, passar horas além do esperado lendo porque está tudo muito bom para largar. Também há questões sobre arrumar a casa e o quarto. Sobre descobrir se o garoto que você gosta sente o mesmo por você, sobre o seu futuro e mais.