Editoras Parceiras

Intrínseca. Uma editora jovem, não só na idade — afinal foi fundada em dezembro de 2003 — mas no espírito inovador de optar pela publicação de ficção e não ficção priorizando a qualidade, e não a quantidade de lançamentos. Essa é a marca da Intrínseca, cujo catálogo reúne títulos cuidadosamente selecionados, dotados de uma vocação rara: conjugar valor literário e sucesso comercial.

Com uma apurada seleção de títulos, vários livros alcançam um expressivo número de leitores, figurando em listas de best-sellers por muitos meses, obtendo assim uma incomum unanimidade de elogios por parte do público, da crítica e do mercado. À bem cuidada curadoria editorial alia-se o apuro na produção gráfica, o que transforma as edições em objetos de culto a serviço da boa literatura.


Companhia das Letras. A Companhia das Letras foi fundada em 1986. Desde então já publicou mais de 3 mil títulos, de 1500 autores, incluindo os lançamentos dos outros selos da editora: Companhia das Letrinhas, Cia. das Letras, Companhia de Bolso, Quadrinhos na Cia., editora Claro Enigma e Penguin-Companhia.

Em 2012 foi anunciada a criação de 4 novos selos: Editora Paralela, voltada para a publicação de livros de entretenimento destinados ao grande público; Editora Seguinte, o novo selo jovem da Companhia das Letras; Portfolio Penguin, que atuará na área de negócios, política e economia; e Boa Companhia, série que reunirá, em antologias temáticas, grandes nomes da literatura nacional e estrangeira.

A Companhia das Letras evoluiu muito nesses 25 anos, mas sem perder de vista o respeito à inteligência do leitor. Hoje em dia lança mais de 300 títulos por ano, de diversos assuntos e estilos, mas sempre com uma mesma proposta: a vontade de publicar livros que, pela qualidade do texto e da produção gráfica, sejam um convite à leitura.

Rocco. A Rocco tem como compromisso publicar as melhores obras de autores nacionais e estrangeiros. É também seu objetivo criar espaço para os novos talentos, não só publicando seus primeiros trabalhos como acompanhando seu crescimento a cada livro. Com essa postura, a Rocco destaca-se na publicação de autores nacionais estreantes no mercado editorial brasileiro. Sensibilidade para detectar as tendências do mercado, ousadia na difusão de novas idéias e agilidade de produção caracterizam a editora como uma editora moderna e atenta aos interesses e às perspectivas do público brasileiro.



Arqueiro. Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma homenagem a esta figura extraordinária (Geraldo Jordão Pereira), capaz de enxergar mais além, mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a esperança diante dos desafios e contratempos da vida.


Sextante. Tendo por denominador comum a busca da felicidade e da realização pessoal, nossos livros abrangem temas que vão do desenvolvimento espiritual à descoberta da vocação profissional, passando pela conquista da própria identidade e do amor que se deseja.



Zahar. A história da Zahar começa em 1956 com a fundaçao da Zahar Editores, pioneira na publicação de livros de ciências humanas e sociais no Brasil e responsável pela formação de várias gerações de universitários e intelectuais brasileiros. Quase 30 anos depois, sua logomarca característica - um grande Z cortado por um livro aberto - havia sido estampada em cerca de 1.200 títulos.

A partir de 1985, foi dado início a uma nova editora: Jorge Zahar Editor. Em 2007, passados 22 anos e com outros 1.200 títulos em catálogo, concluíram um ciclo de renovação que ampliou o leque de publicações com obras de interesse geral, sempre mantendo a qualidade Zahar - tradição de mais de meio século.

Vida e Consciência. Oferecendo conteúdo de qualidade e seriedade, seja na descoberta de novos autores, na pesquisa de títulos estrangeiros ou ainda no sucesso de autores consagrados em suas especialidades como Zíbia Gasparetto, Luiz Gasparetto, Monica de Castro e Marcelo Cezar, a editora oferece em seu catálogo as categorias:

Romances Espiritualistas, Desenvolvimento Pessoal, Metafísica Moderna, Fatos e Estudos, Literatura Infanto Juvenil e Infantil.



Editora Charme. A Charme foi criada por três mulheres, amigas, amantes da leitura, que tinham um desejo em comum: proporcionar leitura de qualidade, com foco em livros New Adult, Young Adult, Chick Lits e romances, para atender a um público leitor que cresce mais e mais a cada dia, mas que não tem uma editora com os olhos voltados para ele: as mulheres.

A vontade de compartilhar as leituras, que faziam em inglês, com outras leitoras que não tinham acesso aos livros devido à barreira do idioma, despertava cada vez mais a vontade dessas amigas em montar um negócio para proporcionar a oportunidade de que outras leitoras pudessem ler os mesmos livros que elas tanto amam, e que, no Brasil, não costumam ter muito investimento por parte dos grandes grupos editorias.

Juntando o amor à leitura à diversidade de suas áreas de formação profissional, elas resolveram agregar seus conhecimentos para criar a Charme. Uma editora jovem, feminina, dinâmica, moderna, divertida, romântica e sensual como suas donas.




Pedrazul Editora. A Pedrazul situa-se na região Sudeste do País, onde se localiza um dos mais belos pontos turístico do Brasil, a Pedra Azul ou Pedra do Lagarto, no município de Domingos Martins, região montanhosa do estado do Espírito Santo, localizada a 40 minutos da capital, Vitória.
Seus idealizadores são leitores apaixonados por romances clássicos, especialmente os da literatura inglesa, nicho no qual atua quase na sua totalidade. O resgate do livro ilustrado também é uma meta da Pedrazul. Atualmente é a editora que mais se dedica à tradução e à publicação de obras mundialmente consagradas, algumas ainda desconhecidas no mercado editorial brasileiro. Relançar obras nacionais e estrangeiras consagradas, cujos poucos exemplares se encontram nas mãos de colecionadores, também figura entre seus objetivos, assim como lançar novos talentos nacionais e estrangeiros.
Com essa postura, a Pedrazul destaca-se na disseminação da cultura mundial e caracteriza-se como uma editora atenta aos interesses do seu público e disposta a viajar no tempo para fazer reviver grandes obras imortais por sua preciosidade. Além da reconhecida qualidade das publicações, seu catálogo reúne os nomes dos mais consagrados romancistas mundiais.



Grupo Editorial Pensamento. A Editora Pensamento foi fundada em 26 de junho de 1907 por Antônio Olívio Rodrigues, que, de acordo com jornais da época, demonstrava grande interesse por pesquisas psíquicas, obras de filosofia e religiões orientais, com o objetivo de criar um intercâmbio de idéias com outras pessoas cultas. O primeiro título publicado, que marcou oficialmente sua fundação, foi Magnetismo Pessoal, de Heitor Durville. Este título continua em catálogo, em sua 25° edição.

Em 1997, Ricardo Riedel assumiu a direção das editoras, procurando desenvolver ações operacionais nas diversas áreas da empresa, principalmente na área de marketing e na criação de uma base de dados para otimizar o processo de tomada de decisões. Em 2009, Ricardo realizou a aquisição da Editora Seoman, a qual publica livros na área de moda, biografias, cultura pop e ficção. Atualmente ele continua à frente das editoras e vai consolidando os selos editoriais, mantendo a coerência, a ética e a qualidade em todos os livros publicados - compromisso que permanece ao longo dos mais de 100 anos de existência -, produzindo livros para um mundo em transformação.


Faro Editorial. Num mundo em acelerada transformação, como o da comunicação, é preciso ter “faro” para escolher e lançar o melhor. Esta poderia ser uma boa explicação para o nome da mais nova editora do mercado: Faro Editorial. Mas não foi assim que o nome surgiu. Na verdade, Faro é o sobrenome dos avós italianos do Pedro Almeida, editor já com longa e consagrada carreira no segmento de livros, tanto dentro de grandes e pequenos grupos como em atuação solo. Pedro agora se associa a Karine Pansa e Diego Drumond, dois nomes também bastante conhecidos no meio, para lançar uma editora própria.
Os três sócios vão somar expertises diferenciadas e complementares para surpreender agradavelmente seu público-alvo – adulto e jovem — e também atrair novos leitores de comunidades que surgem e crescem em função de novos comportamentos originados na interatividade proporcionada pelos avanços da tecnologia.
A movimentação na área editorial, acreditam, segue na maior parte das vezes caminhos geralmente conhecidos, privilegiando gêneros e autores consagrados em detrimento de ousadias literárias, por isso há muitos grupos potenciais de leitores não atendidos pela oferta de produtos, “pelos eventos literários, pelas premiações, pelos investimentos de toda a sorte que se oferece para o universo do livro no Brasil”, define Almeida.

Leya. A LeYa nasceu em 2008 como grupo editorial no qual se integram algumas das mais prestigiadas editoras de língua portuguesa. Líder do mercado editorial português, angolano e moçambicano, a LeYa está também presente no Brasil onde assumiu uma posição de destaque na área de edições gerais e onde atua, igualmente, no setor da Educação e das tecnologias aplicadas ao Ensino.

A força das marcas que integram a LeYa, os autores com que temos o privilégio de trabalhar e a qualidade do que, em conjunto, criamos fazem da LeYa uma empresa forte e coesa nos seus objetivos gerais e diversificada nos seus programas editoriais, bem como nas suas atividades na área da Educação.

Graças à integração de empresas e de profissionais profundamente enraizados nos respetivos mercados, a LeYa conta hoje com um capital humano extraordinário e detentor de um sólido e diversificado know-how nos meios Editorial, Educativo e Tecnológico. Nos mercados onde opera, a LeYa apresenta-se com objetivos concretos de vir a ser protagonista, nomeadamente pelo papel que desempenha no mundo de língua portuguesa.




Tordesilhas. Palavra de origem incerta (latina? árabe? castelhana?), Tordesilhas é o nome de uma cidade espanhola onde, ao longo dos séculos, culturas diversas se encontraram e reinos fizeram acordos. Designa sobretudo uma fronteira que marcou o nascimento do Brasil: o país é grande porque foi além dela. 

Com a literatura não há de ser diferente: por ela nosso entendimento chega a outros mundos – novos ou antigos –, supera a banalização típica da existência contemporânea, concilia ideias nunca pensadas juntas, percebe diferenças e nuances que o embotamento cotidiano obscurece, descobre palavras ou usos inusitados para elas, torna-se menos conformista ou seguro e, com certeza, mais humano.

Como selo editorial dedicado à literatura, o Tordesilhas se compromete com a diferença, revisitando com originalidade autores consagrados, revelando obras de tradições até agora pouco ou nada conhecidas, buscando o novo em passados bastante remotos, encontrando qualidade no que distraidamente se propõe apenas como entretenimento, selecionando na criação de hoje o que está fadado à perenidade. Por meio do Tordesilhinhas, a versão infantil do selo, especialmente aberto à experimentação visual, ele está pronto para propiciar à criança a delícia de descobrir as letras. E seguirá pelo universo da ação e do mistério, tão afeitos ao imaginário da adolescência, até alcançar o infinito descampado por onde livremente transitam as literaturas de muitos tempos e culturas, num mundo sem fronteiras como é o do prazer de ler.


Harlequin Brasil. Uma das principais referências globais em romances para mulheres, a Harlequin Enterprises publica mensalmente cerca de 110 títulos inéditos, escritos por 1.200 autoras, traduzidos para 34 idiomas e comercializados em 114 países. Desde a criação da editora na década de 1940, já foram vendidos mais de 6 bilhões de exemplares em todo o mundo. Ativa no mercado brasileiro desde 2005, a Harlequin Brasil distribui mensalmente 20 novos títulos de séries com preços populares e em formato de bolso. 

Recentemente adquirida pela News Corp, a Harlequin Enterprises é hoje uma divisão da HarperCollins Publishers, a segunda maior editora de livros comerciais do mundo. Em 2015 a holding HarperCollins Brasil foi constituída por meio de uma joint venture entre a HarperCollins Publishers e a Ediouro Publicações. A Harlequin Brasil passou então a fazer parte de um dos "braços" da nova empresa no país.


Mundo Uno Editora. É uma jovem editora que chega ao mercado com o objetivo de oferecer entretenimento de qualidade nas áreas de fantasia, ficção, aventura e romance. Seu foco é a rica e talentosa nova geração de autores nacionais, que vêm, dia a dia, demonstrando a excelência de nossa literatura. Através de uma criteriosa avaliação e revisão dos originais recebidos, a Mundo Uno gradualmente seleciona obras destinadas a integrar o imaginário de toda uma geração de leitores.

Seu objetivo – e ambição! – é levar jovens de todas as idades a conhecer novos mundos, personagens incríveis, realidades fantásticas e lugares extraordinários.


Ler Editorial. A Ler Editorial se orgulha de ser a casa do autor brasileiro, publicando exclusivamente obras de autores nacionais contemporâneos, direcionadas ao público jovem e adulto. São, antes de tudo, uma empresa inovadora e dinâmica, que tem como objetivo antecipar para os leitores as novas tendências do mercado literário.

O catálogo reúne temas diversificados, passando pelos gêneros: Romance, Literatura fantástica, Literatura feminina e Erótico Contemporâneo. Alinhados com as novas tendências do mercado, todas as obras da Ler Editorial também estão disponíveis aos leitores no formato digital, através do site Amazon.com, e expressam um minucioso trabalho técnico e estético, prezando acima de tudo a qualidade da leitura.

E estão atentos também a formação da nova geração de escritores e para isso têm um espaço dedicado a avaliação de originais, prestando toda assessoria que o autor necessita para publicar e comercializar sua obra.




Globo Livros. Com presença no mercado editorial brasileiro desde o início do século XX, quando foi fundada a Livraria do Globo de Porto Alegre, a Globo Livros conta com um diversificado catálogo que compreende obras de referência na literatura nacional e internacional assim como livros de apelo prático e cotidiano. 


Entre seus autores, publica obras de Herta Müller, John Banville, Javier Cercas, Marcel Proust, Monteiro Lobato, Hilda Hilst, Oswald de Andrade, Aldous Huxley, Samuel Beckett, Honoré de Balzac, Maria Adelaide Amaral, Jamie Oliver, Padre Marcelo Rossi e vários outros, organizados entre os selos da editora: Biblioteca Azul, Globo Livros, Globo Livros Graphics, Globo Alt, Globo de Bolso, Globo Estilo, Globinho e Principium. A editora também é responsável pela publicação dos guias Lonely Planet em português, a mais importante marca de guias de viagem no mundo.
Plataforma21. O embarque é imediato. O itinerário, indefinido. O destino está em suas mãos. Hoje num lugar, amanhã noutro. Hoje, uma história de amor; amanhã, dragões, batalhas espaciais ou um velho manicômio abandonado.

Plataforma21, o selo jovem da V&R Editoras, chega para oferecer o que há de melhor na literatura de entretenimento: aventura, romance, fantasia, cultura pop e muito mais. Tudo aquilo que faz a cabeça do jovem do século 21. Um universo fascinante de histórias. Heróis e anti-heróis. Passado, presente e futuro. Basta abrir um livro… Seja bem-vindo. Prepare-se para uma grande viagem.



Lilian Comunica. A Lilian Comunica é uma agência que atua fortemente nas mídias brasileiras desde 2010. Com uma equipe multidisciplinar, a empresa oferece serviços de assessoria de imprensa, publicidade on-line, trabalhos editoriais, organização e divulgação de eventos. À frente da LC esta a jornalista Lilian que tem como missão fomentar cada vez mais a cultura no Brasil por meio das artes, sejam elas em forma de pintura, música, teatro, escultura, dança, escrita ou cinema. 


O Brasil é um país que enfrenta muitos problemas sociais e econômicos, mas a Lilian Comunica crê que um grande trunfo para transformar esta nação latina é a vivência cultural. Já disse um dia Monteiro Lobato, “Um país se faz com homens e com livros”. Não há como pensar e agir diferente. Acima de toda experiência, estudos, palestras, aprimoramentos – sempre atentos às mudanças do mercado –  os profissionais da casa têm valores que vão além do que se pode ver. O sentimento de transformar e trabalhar em que se acredita, move todo o time. Se o seu objetivo transcende a monetização, você chegou ao lugar certo!



 

  
Editora EME. Com mais de 35 anos de atividades na divulgação do espiritismo, a Editora EME tem mais de 500 títulos publicados, entre romances, estudos, cursos, autoajuda, mensagens, infantis, infantojuvenis, agendas, contos, biografias e outros, além das obras de Allan Kardec.
Uma editora espírita com parque gráfico próprio, a Editora EME também apoia atividades assistenciais em sua cidade, ajudando na manutenção da Casa da Criança, instituição que oferece orientação, atendimentos diversos e alimento a crianças carentes e suas famílias, e o Centro Espírita Mensagem de Esperança, com palestras, estudos, trabalhos espirituais, visitas e doação de cestas básicas para famílias carentes.
Tudo isso faz com que sejam a segunda maior editora espírita do país, e se sintam felizes em cumprir a sua missão: levar o espiritismo a sério.

Aleph. Aleph é a primeira letra do alfabeto hebraico. É o início de tudo, o que vem antes, o que chega primeiro. Somos Aleph porque acreditamos que nosso papel é criar tendências e não segui-las. Somos Aleph porque buscamos a vanguarda, o pioneirismo e a qualidade acima de tudo. Fundada em 1984, a Editora Aleph nasceu da busca pelo equilíbrio entre as demandas de mercado e a própria criação de demandas por meio de novas ideias, publicando livros em áreas do conhecimento pouco exploradas pelo mercado editorial brasileiro. 

Hoje, a Aleph é umas das poucas editoras brasileiras publicadoras de literatura de Ficção Científica, seja clássica ou contemporânea, e tornou-se referência nacional no gênero, orgulhando-se de ter em seu catálogo autores como Isaac Asimov, William Gibson e Philip K. Dick. Com mais de 130 obras em catálogo, somos a editora brasileira que mais acredita nesse segmento. Seja criando com a imaginação, enxergando o mundo real com outros olhos ou abrindo caminhos para o lazer e o conhecimento, nossa missão é oferecer conteúdo de vanguarda com excelência máxima. Para isso estamos aqui, pensando em produtos que respondam aos seus desejos e necessidades; desafiando o comum e compartilhando com nossos leitores o que há de mais inusitado, o que está além do horizonte. 



Petit Editora. A Petit Editora iniciou suas atividades em 1982, na cidade de São Paulo, como editora de livros técnicos, de informática e eletrônica. Em 1990, seus fundadores resolveram dar um novo direcionamento à editora. Passaram a publicar livros espíritas, cuja distribuição e venda era até então restrita aos centros espíritas. Pioneira na abertura desse segmento ao mercado editorial, a Petit começou a distribuir seus livros nas livrarias comerciais e a atrair novos leitores. 

O primeiro livro espírita publicado pela Petit Editoria foi O homem e seus poderes, de Eunilto Carvalho de Souza. O primeiro grande sucesso foi o livro Reconciliação, de autoria do Espírito Antônio Carlos, psicografado pela médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho. 
Em 1993, foi publicado o grande sucesso Violetas na janela, de autoria do Espírito Patrícia, também psicografado pela médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, que já vendeu mais de 2,2 milhões de exemplares.  Desde então, centenas de livros foram publicados, contribuindo para a divulgação do espiritismo e para o conforto de muitas famílias.

Sem se desviar de seu foco principal, ou seja, o de editar obras compatíveis com a Doutrina Espírita, a Petit Editora cresceu e, em 2002, criou o selo Butterfly Editora, responsável pela publicação de livros de temas diversos, como literatura, autoajuda, saúde e educação.



Butterfly EditoraCriada em 2002, a Butterfly Editora é um selo da Petit Editora, cuja proposta editorial é abrir espaço para que a imaginação literária possa alçar voos sem medo do diferente. A borboleta – ágil e multicolorida –, um símbolo de transformação representada em nossa marca, projeta-se no espaço, agitando-se em liberdade, independente, voando na direção de seus sonhos, vislumbrando um amplo horizonte de harmonia e beleza.

Nessa metáfora, que certamente reflete o desejo do ser humano, espelha o objetivo da editora: o de movimentar sentimentos, agilizar ideias, provocar raciocínios e reflexões.

A missão editorial não é apenas oferecer entretenimento ao público, mas também agregar valor e inspiração ao seu dia a dia. No Brasil, o selo Butterfly foi o primeiro a abordar o tema bullying e a existência de crianças índigo. Romances, sagas e trilogias de sucesso também fazem parte do catálogo.

A ousadia faz parte do selo, daí a frase que faz parte da sua logomarca: Aceite o desafio. Leia o diferente.

Editora Empíreo. A partir do latim Empyreus, uma adaptação do grego antigo, “dentro ou sobre o fogo (pyr)”, Empíreo é o mais alto dos céus, o local reservado para as divindades e para a perfeição.

A Editora Empíreo tem como missão publicar literatura de qualidade e rica em cultura que edifique seus leitores usando os mais variados temas e formatos. E levam leitores ao prazer da leitura fazendo o que são apaixonados: editar literatura, quadrinhos, música, fantasia, biografia e quaisquer obras de qualidade.


Geração Editorial. Quando o jornalista Luiz Fernando Emediato fundou a Geração Editorial, em 1992, ele pensava apenas em ter um hobby que o distraísse de suas atividades intensas como jornalista, escritor, empresário e militante político na área social. Bem, já começou causando polêmica: um dos primeiros livros lançados, Mil dias de solidão, sobre o governo Collor, foi capa de Veja, que o considerou “o livro bomba do ano”. Já na primeira semana ocupou o primeiro lugar nas listas dos mais vendidos.

Desde então a Geração Editorial tornou-se, atrevidamente, “uma editora de verdade”, com sua literatura de qualidade, sua ousadia, sua agressividade no marketing e no mercado, sua independência. Nem sempre concordam com o conteúdo dos livros que publicam – mas a editora, como um jornal ou revista, ou seja, um meio de comunicação, defende sempre o direito de cada autor expor suas ideias e seus fatos.



Grupo Editorial Autêntica. A Autêntica Editora, criada em 1997 com foco em publicações acadêmicas, se consolidou no mercado editorial brasileiro e diversificou seu escopo ao longo desses quase 15 anos de atividades. Para continuar fiel à sua perspectiva de lançar livros de qualidade, buscar assuntos inovadores e, ao mesmo tempo, atender às demandas de seus públicos, a casa passa a ser, em 2011, um grupo – o Grupo Editorial Autêntica. Com títulos em áreas variadas, o grupo possui agora três editoras: a Autêntica Editora, com foco em livros nas áreas de Ciências Humanas e literatura infantil; a Editora Gutenberg, criada como selo em 2003, com títulos de interesse geral; e a Editora Nemo, um projeto recente, destinado à publicação de quadrinhos.
nVersos. Divulgar a pluralidade.  Explorar novos processos e segmentos de produção de conhecimento. Foi com essas missões que a nVersos Editora surgiu em São Paulo, em 2011. Nessa sua proposta de atuar à luz de uma literatura do desvio, a empresa dirige seu foco tanto para os textos tradicionais como para os resultantes de distintas convergências.

Trabalhamos com pesquisadores e profissionais altamente qualificados, dedicados à formação de um imaginário capaz de contribuir com a compreensão da complexidade do mundo contemporâneo, e também com autores visionários, determinados a investigar e apresentar soluções para o desenvolvimento de capacidades interativas e atuantes.

Graças a esse largo espectro de busca e identificação de autores com as mais diversas propostas, a editora reafirma, constantemente, sua disposição de participar da formação de um imaginário capaz de contribuir para a compreensão da complexidade do mundo contemporâneo a partir de diferentes análises e leituras.


Editora Anunaki. A Editora Anunaki nasce com um novo conceito para o mercado editorial brasileiro, tendo como prioridade o atendimento ao novo escritor(a) que deseja iniciar sua carreira com sucesso. Nosso enfoque é a valorização do escritor(a) pela sua obra.
Atualmente, muitas vezes o escritor(a) é considerado virtuoso e economicamente viável caso já tenha comprovado sua capacidade de venda, entretanto muitos se esquecem de que, para chegar até o topo do mercado, aquele mesmo artista teve que escrever um primeiro livro, e uma editora, caçadora de talentos, precisou acreditar naquele autor(a). É esse contexto que se encaixa em nossa empresa. Desejamos ser aquela que dá a mão ao novo escritor e o leva até o sucesso.
Giz Editorial. É uma empresa moderna, 100% brasileira, atuando desde 2005 no mercado editorial. Ela traz, na própria marca, uma árvore, a sua filosofia de crescimento contínuo e proficiente, que visa levar ao leitor obras saudáveis, divertidas, instigantes e elucidativas da literatura nacional e mundial.
Para a Giz Editorial, cada livro é um traço produzido com paixão, cuidado e dedicação. E, ao contrário dos traços do giz de quadros negros, estes possuem a permanência das obras de qualidade, que ficarão por muito tempo na memória do leitor.




2 comentários:

  1. as editoras parceiras são otimos,adoro principalmente a agir tem os melhores livrosss.

    beijinhos para todos!!!

    att

    ana maria rodrigues


    Só o @HouseofChick e o @TrueInsightsnet vão me dar UM ANO DE LIVROS! http://bit.ly/AcGUGc

    ResponderExcluir
  2. Gostei de ver a Íntrinseca como parceira..adoro os livros dela *u*

    ResponderExcluir