As Herdeiras Tomam o Palco - As Herdeiras #03 - Joanna Philbin

Desde que li o primeiro livro desta série, “As Herdeiras” (clique no título para ler a resenha), fiquei encantada com a narrativa leve e fluida da autora, que consegue nos conquistar em todo momento. Joanna Philbin fez um excelente trabalho ao dar voz a essas três meninas em uma história juvenil muito divertida sobre as filhas das celebridades.
Nos volumes anteriores, conhecemos um pouco mais da história de Lizzie e Carina, já que em cada volume acompanhamos o foco em uma das três meninas. Agora o ponto de vista principal é de Hudson Jones, a herdeira que é uma ótima pianista e cantora, e filha da popstar Holla Jones, uma mulher perfeccionista que é conhecida em todos os continentes pela sua música. Só que ela consegue ser bem controladora com a filha e acaba querendo que a mesma siga a carreira da sua forma. Ou seja, ela quer transformar a garota em algo que não é, e, para isso, acaba mexendo em todo o seu primeiro álbum, mudando-o completamente.
Na verdade, Holla quer fazer com que a carreira da menina seja parecida com a dela, fazendo com que nossa protagonista se sinta cada vez mais amuada em relação à mãe, e não conseguindo expressar os seus sentimentos. Porém, para a sua sorte, ela tem sempre o apoio de suas duas amigas, que não vão deixá-la sozinha nessas horas.
Este volume começa no mesmo local que o anterior terminou, o que é bem legal, já que, assim, dá uma continuação direta para a história, mas focando em uma personagem diferente. Gosto bastante dessa narrativa, que é rápida e gostosa, e traz de uma forma bem adorável a vida dessas três amigas, que são muito unidas e que enfrentam várias coisas por serem filhas de pessoas ricas, famosas e influentes, mostrando todo o drama que essas jovens passam.
Os personagens são ótimos, cada qual com a sua própria personalidade, e gostei bastante de conhecer o lado de Hudson que eu não conhecia, como o fato de ela gostar de astrologia. Foi bem legal acompanhar o seu crescimento, que já começava desde os volumes anteriores, além de ver sua relação com a mãe mais de perto.
Seguindo o padrão de ilustrações com traços simples e meigos, esta capa remete às demais da série, fazendo com que o leitor consiga associá-las com facilidade. Cada volume possui detalhes em uma cor, que neste caso é o lilás, mas no primeiro é vermelha e no segundo, verde, então a lombada, por exemplo, está nesta cor, e eles ficam lindos juntos na estante. A diagramação interna é confortável para uma leitura agradável.
Esta série possui quatro volumes, todos já publicados lá fora há algum tempo. No Brasil já chegaram os três primeiros, mas ainda não há previsão de quando o último será traduzido, o que eu acredito que não vai demorar muito para acontecer. E confesso que gosto muito mais do projeto gráfico daqui do que de lá, então fico contente que a Galera Record tenha optado por desenvolver o seu próprio.
Recomendo esta série para todo leitor que goste de uma história infantojuvenil deliciosa, que traz a vida de três jovens que são muito amigas e também filhas de pais famosos e recheados de dinheiro, além de serem cheios de expectativas. Este é um volume que aborda sentimentos, dramas, amizade, momentos engraçados, entre outros, de uma maneira leve e com uma linguagem fácil e delicada, trazendo uma história incrível para o leitor.
Avaliação



Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Essa capa é a coisa mais fofa s2! A história é Middle Grade ou YA?

    ResponderExcluir