Separados – Crônicas de Salicanda #02 – Pauline Alphen

Eu já havia lido o primeiro volume desta série, Os Gêmeos (clique no título para ler a resenha), há bastante tempo, e apesar de não ter sido um livro que eu tenha amado demais, foi uma leitura que eu gostei bastante. Me lembro que assim que terminei o primeiro volume fiquei louca para ter a continuação, pois o final me agradou bastante e é daquele tipo que nos prende e precisamos saber mais sobre o que vai acontecer em seguida. Quando vi que a editora Seguinte iria lançar esta continuação, fiquei super empolgada para ler e saber tudo que vai acontecer nesta história escrita por Pauline Alphen. Agora que já li, venho dividir com vocês as minhas opiniões a respeito desta leitura.
Por ser o segundo livro de uma série, pode ter alguns spoilers do anterior nesta resenha.
Este exemplar continua de onde o primeiro volume acabou, e com isso vemos a consequência do incêndio que consumiu em chamas o lar das crianças, já que alguns personagens morreram e outros estão considerados desaparecidos. Agora Claris e Jad estão separados, cada um seguiu um rumo em meio a toda esta confusão. Jad está junto com o seu melhor amigo, Ugh, em uma dimensão diferente ligado ao seu corpo por um fio prateado, e nela eles acabam encontrando o anjo Gabriel. Claris está muito triste com as perdas recentes, já que ela acha que perdeu não só o pai, mas também o irmão, e fica vagando sem saber por onde, com uma recente amnésia pela dor de suas perdas, que a faz se esquecer até quem ela é.

Neste volume o livro se divide em três partes: o que aconteceu com Jad, o que aconteceu com Claris, e o que aconteceu com aqueles que não participaram do torneio no castelo de Salicanda. A narrativa apresenta bastante descrição e, apesar de ser fluida, ela não consegue ser uma leitura rápida por conta delas. A obra é narrada em terceira pessoa, o que foi bem legal, já que deu para a gente acompanhar a história de uma maneira geral, fazendo com que o leitor consiga ver como os acontecimentos do volume anterior atingiram os personagens e o que eles estão sentindo em relação a tudo que ocorreu.
Infelizmente poucos mistérios foram respondidos e o enredo deste volume não acrescentou tanto à história, mas é uma série que quero continuar a acompanhar, e espero que o próximo volume seja muito bom quanto foi o primeiro, ou melhor.

A diagramação está ótima, com letras bem espaçadas para que a gente consiga ler por mais tempo sem se cansar, além de um bom tamanho de fonte, que também ajuda muito na hora da leitura. A capa, apesar de ser um pouco confusa para mim, representa bem a história, e mesmo não sendo uma das minhas preferidas (nem achei bonita para falar a verdade), acho que ficou legal com o livro.

Recomendo esta leitura para aqueles que gostaram do primeiro volume e para todo mundo que queira acompanhar uma série que é até legal. Não é uma história que eu seja apaixonada, mas acredito que, apesar deste segundo volume ter tantos lados positivos quanto negativos, o enredo consegue nos prender de sua maneira e é uma boa leitura. Além disso, estou contando que o próximo volume seja bastante emocionante e que revele mais coisas.
Avaliação


Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Infelizmente, ainda não li o primeiro livro, então, como sua resenha pode conter spoilers, não a li. Mas tenho certeza que como sempre, está maravilhosa!
    Gostei da capa de ambos, tomara que eu tenha a oportunidade de ler!

    Bjo bjo^^

    Ana Paula
    rockanapcm1@gmail.com
    https://www.facebook.com/rockanapcm?ref=tn_tnmn

    ResponderExcluir
  2. https://www.facebook.com/rockanapcm/posts/641371525900655?stream_ref=10

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, deu vontade de ler o primeiro livro e este, parecem ser muito bons!
    Gostei mais ou menos da capa, espero que ao vivo seja mais bonita..

    fabricio-fenix2010@hotmail.com
    https://www.facebook.com/#!/fabricio.rufino.3

    ResponderExcluir