A Bela e a Fera: Ao redor do globo – Betsy Hearne

O meu conto de fadas preferido sempre foi A Bela e A Fera, que conheci por conta da versão Disney, e logo fiquei apaixonada pela história. Quando estava passeando pelo site da Companhia das Letras (confesso que faço isso bastante hahaha) dei de cara com uma capa que me chamou atenção, não só pela bonita ilustração com o fundo vermelho, mas também pelo título “A Bela e a Fera: Ao redor do globo”, e eu logo soube que precisava lê-lo o quanto antes.
Como o próprio nome sugere, nessa obra podemos conhecer algumas versões desse clássico encontradas em três continentes, Europa, Ásia e América do Sul, mais especificamente nos países França, China e Chile. O primeiro conto é a versão escrita por Jeanne-Marie Le Prince de Beaumont, o segundo de Adele M. Fielde, ambos adaptados por Betsy Hearne, e o terceiro de Dominga Fuentes de Norambuena, adaptado por Ruth Kaufman, todos os textos foram selecionados por Betsy Hearne.

Gostei demais desse livro e agora o considero um queridinho na minha estante. Adorei conhecer essas versões de A Bela e a Fera e poder compará-las entre si. Pude notar que todas apresentam algumas semelhanças, inclusive que eu já conhecia antes, e também tem suas diferenças, mas a essência delas é sempre a mesma. Só sei que fiquei morrendo de vontade de ler tudo quanto é versão já existente e espero conseguir em breve.

O primeiro conto, A Bela e a Fera (o da França), é o que mais se aproxima da versão da Disney a começar pelo nome da história e da protagonista, que também é Bela. Ela adora leitura e rosas, e é por conta delas que seu pai acaba conhecendo a Fera, um ser coberto de pelos, e precisa concordar em levar sua filha para ele. A Fera é rica e acaba conquistando o amor da Bela com o tempo. Há um espelho onde ela pode ver a família e um anel para ir e vir do castelo. 

Também há algumas diferenças, como ela não é filha única e tem duas irmãs más e invejosas (que me lembraram as de Cinderela, mas são de sangue e não adotadas), e por conta delas há algo que acontece no fim diferente. Essa história é bem fofinha e foi a que mais gostei.

O segundo conto, A Serpente Mágica, é o mais curto dos três e o segundo do qual mais gostei. Nesse o pai também é importante e tem três filhas, a flor também está presente, apesar de não ser uma rosa e sim flores silvestres, que também é o motivo do pai ser pego, tendo que prometer a filha para a fera, que nesse é representado por uma serpente. Ela também passa a gostar dele com o tempo e sua compaixão é que o ajuda no fim.

O último conto, Bodas às escuras, é o mais extenso de todos, apesar de também não ser muito longo, e foi o que menos gostei. Nesse caso o pai é bem pobre e para melhorar de vida é que ele aceita dar a filha à fera, nada tem a ver com flores. Aqui a fera é representada pela escuridão, é um ogro gigante e obscuro, que não tinha cara, nem pés, não tinha nada. E cita a religião, já que ele diz que o pai não precisava ter medo porque ele também era cristão. Ela é filha única e curiosa, o que acaba dificultando com um acontecimento e, tendo depois que consertá-lo, sofrendo bastante no caminho até conseguir alcançar sua felicidade.

Em comum em todos os contos posso citar: a filha altruísta, que resolve ajudar o pai (que é sempre o culpado), mesmo que tenha que viver com uma fera, e tendo que sofrer de saudade ou algo mais. A fera é um príncipe e rico, que está preso em outro corpo (de fera) por conta de uma maldição. Todas as três salvam a vida das feras por conta de sua compaixão, e o amor nasce daí. Há magia, solidão e companheirismo. Há casamentos em todos, e os personagens mais importantes são a filha, o pai e a fera.

A leitura é bem rápida, afinal o livro tem apenas 64 páginas, sendo muitas delas ilustradas, e ainda com uma fonte em tamanho grande e ótimo espaçamento. O formato do livro é diferente do padrão geralmente encontrado, e tem 22.50 x 16.00 cm. Como já disse antes, adoro essa capa, que é uma ilustração do segundo conto, também encontrada no miolo do livro.

No final da obra, depois dos três contos, a autora fala um pouco sobre cada um deles e seus personagens, sobre a história da Bela e a Fera de modo geral, que há muitas versões pelo mundo e que todas elas apresentam semelhanças. Também há pequenos trechos falando sobre as autoras dos contos, e as fontes onde os encontrou. Essas páginas tem fundo amarelo, ilustrações e até mapas. Estão lindas mesmo!

As ilustrações são de Alicia Badalan, Mariana Chiesa, David Álvarez, e Claudia Legnazzi. Cada uma tem cores e traços relacionados com a cultura de onde é a história, e eu amei todos, mas acho que as que mais admirei foram as do último conto.

A autora desse livro, Betsy Hearne, dedicou-se ao estudo de A Bela e a Fera por 35 anos, e tem dois livros que falam do assunto, De Belas a Feras, e A Bela e a Fera: visões e revisões de uma velha história, que falam sobre as tradições populares, filmes, literatura, e outras coisas sobre essa história, mas nenhum dos dois foi lançado no Brasil, infelizmente. Queria muito lê-los e espero poder um dia.

Indico muito a leitura de “A Bela e a Fera: Ao redor do globo” para pessoas de todas as idades, tanto para as crianças conhecerem a bonita essência da história, quanto para os mais velhos a apreciarem e descobrirem outras versões e as comparar. A mensagem passada é muito bonita e serve de inspiração para todos nós.
Avaliação


Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Quero ler esse livro, nusss... A bela e a fera em várias versões? Adoro versões diferentes dos contos de fadas que conhecemos tanto.. As imagens desse livro são lindas demais, adorei a imagem da serpente enrolada no corpo do pai da Bela! O livro parece muito interessante e bem legal! :-)

    fabricio-fenix2010@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!!!! Não conhecia este livro, mas como A Bela e a Fera é conhecida mundialmente, fiquei com vontade de lê-lo! Gostei ainda mais das versões de outros países... fiquei curiosa! rsrsrsrrs
    E que desenhos lindos!!!! Ai Deus,... vou ficar falando lindo pra sempre aqui! kkkkk
    Adorei a resenha! Parabéns para a editora pelo lindo (de novo) livro!

    bjo bjo^^

    Ana Paula
    rockanapcm1@gmail.com
    https://www.facebook.com/rockanapcm?ref=tn_tnmn

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.facebook.com/rockanapcm/posts/641371525900655?stream_ref=10

      Excluir