Presentes da Vida – Emily Giffin


“Presentes da Vida” é um spin-off de “O Noivo da minha melhor amiga”, que é quando uma história é criada a partir de outra, e nesse caso uma personagem presente no primeiro livro é a protagonista do segundo, que ocorre após o término do anterior. Não é uma continuação, ou seja, você pode ler um e não ler o outro e vai entender a história completamente, inclusive ambas tem um final. Só aconselho que se for ler os dois, comece pelo “O Noivo da minha melhor amiga”, já que em “Presentes da vida” podemos acabar encontrando alguns spoilers do anterior.
Nesse título, conhecemos Darcy Rhone, uma patricinha que sempre teve tudo o que quis e todos os homens a seus pés. Ela tinha orgulho da vida espetacular que vivia, com um emprego super desejado, um círculo grande de amizades incríveis, um noivo perfeito e um ótimo namorado. Até que algumas reviravoltas ocorrem e ela se vê sozinha, de licença do emprego, e sem nenhuma amizade por perto. Mimada, ela não se conforma em aceitar as coisas como estão, além de achar que não tem culpa na maioria delas, e cria diversas intrigas e apronta várias situações para tentar se dar bem de novo, custe o que custar.
Falando assim dá pra perceber que Darcy desperta diversos sentimentos negativos na gente até certo ponto da leitura, e isso é mais do que verdade, mas ao mesmo tempo começamos a nos envolver de uma forma muito positiva, despertando um sentimento de apoio e torcida por ela.
Depois de perceber que sua vida não é mais a mesma e que não adianta tentar estragar a vida dos próximos também, Darcy vê que precisa mudar de atitude e de ares, e é por isso que resolve pedir a Ethan, um de seus amigos de infância, para morar com ele em Londres por algum tempo e, assim, se afastar de tudo e todos. Ethan fica relutante com a possibilidade de dividir seu apartamento com outra pessoa, já que gosta de solidão, mas acaba cedendo e Darcy, então, se muda para lá.
Claro que nem tudo são flores e ela ainda vai enfrentar dificuldades quando chega à Inglaterra, afinal o mundo não gira a seu redor, muito menos a vida dos outros e ela só passa a perceber isso agora. Até que uma certa pessoa joga muitas verdades em sua cara e ela passa a se encarar de uma outra forma, vendo que na verdade tem sim defeitos e que não pode ficar culpando todo mundo, menos ela mesma, do rumo ruim que sua vida tomou, então ela passa por mudanças difíceis, mas necessárias. É aí que ela passa a mudar gradativamente, e acaba se transformando em uma nova pessoa e encontra o verdadeiro amor.
Li “O Noivo da minha melhor amiga” e, como vocês podem ver se clicarem no título e lerem minha resenha, não curti muito a história que, para mim, foi bem hipócrita, além de não gostar nenhum pouco da protagonista de lá, Rachel. E nesse mesmo livro conhecemos a protagonista de “Presentes da Vida”, Darcy, a patricinha metida que era a melhor amiga de Rachel. Desde que li o primeiro, gostei mais de Darcy, apesar de ela ser como era, e queria saber como seria sua vida após todos os acontecimentos que finalizaram “O Noivo da minha melhor amiga”, fico feliz por ter tido essa oportunidade.
Esse volume começa com uma cena que ocorreu no outro, só que dessa vez é narrada por Darcy e podemos ver como as coisas aconteceram através de sua visão. E, para o leitor entender tudo o que está acontecendo, ela começa a relembrar certas situações que viveu antes daquele momento e que a levaram até ali.
Adoro personagens que evoluem com o livro, e Darcy é o exemplo perfeito de que uma pessoa pode melhorar de vida e de personalidade, basta querer e se esforçar para isso. Claro que com uma ajudinha do destino fazendo tudo dar errado a ajudou a abrir os olhos mais rápido, mas é quase palpável toda a mudança que Darcy fez ao longo da história, se tornando uma pessoa melhor e transformando esse em um livro infinitamente melhor, na minha opinião, do que o primeiro. Emily soube desenvolver essa mudança de forma sutil e que nos fizesse aprender e torcer pela protagonista a cada visível melhora dela.
Ethan é tão fofo! Adorei esse personagem, já gostava das aparições breves, mas ótimas, dele em “O Noivo da minha melhor amiga” e foi muito legal acompanhar ele fazendo parte diretamente da vida de Darcy e a ajudando a mudar sua visão das coisas e ver o relacionamento deles amadurecendo conforme ela melhorava.
Sobre a parte gráfica, a diagramação é simples e a capa é uma gracinha, apesar do buquê de flores ser desproporcional ao resto. O mais legal é que a Novo Conceito mantém um padrão no estilo de capas da autora, então ficam ótimos para quem gosta de colecionar.
A escrita de Giffin é maravilhosa e envolvente e o leitor acaba torcendo por um final feliz, mesmo que Darcy não tenha sido uma pessoa agradável no começo. Além disso, a leitura flui rapidamente e não é cansativa.
Tive a oportunidade de conhecer a autora na Bienal do RJ em 2011 e ela é um amor de pessoa, super atenciosa e claro que isso acaba sendo transmitido para o livro de uma forma positiva. Caso você tenha interesse em conhecê-la também, marque em sua agenda a presença da autora na Bienal do Livro no RJ em 2013, pois já está confirmadíssima. Se você não conhece o trabalho dela, “Presentes da Vida” é uma ótima forma de começar, super recomendo.
Se você curte chick-lit adulto, com uma grande evolução por parte da personagem principal, além de gostar de se deliciar com uma história gostosa e um romance fofo, então essa é uma leitura ótima para você.
Avaliação



>> Resenha desse livro no Skoob

>> Esse post está participando do Top Comentaristas Nº 08 - FORMULÁRIO
>> Esse post está participando da Promoção Fim de Semana Novo Conceito


Comente com o Facebook:

30 comentários:

  1. Concordo com você com relação ao “O Noivo da minha melhor amiga”. Não li o livro mais assisti ao filme e detestei.
    Como uma pessoa que se diz sua melhor amiga, aquela a quem você compara a uma irmã pode te trair como a Rachel fez e ainda achar que está certa? E o pior as pessoas que comentam sobre o livro/filme dizem que adoraram.Não consigo entender essa mentalidade humana.

    Com relação ao "Presentes da vida" eu li o livro e confesso que esperava mais dessa história. Também não entendo como uma pessoa pode dizer que gosta de uma e dorme com outra. Isso não é lógico, pelo menos não para mim.
    Tá certo que a Darcy evoluiu muito no decorrer da história e no final conseguiu finalmente entender o que é amar de verdade mas acho que ela se envolver com outro e o Ethan também se envolver com outra acabou repetindo o mesmo contexto do primeiro livro.A diferença é que não houve a traição física.

    Fico com receio de ler outro livro da Emily e me deparar com a mesma história.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu sinto uma vontade enorme em ler esse livro. já começa pela capa, que é muito linda (adoro as capas da editora). Daí vem a fama de Emily eu li uma vez um livro dela, que agora eu não me recordo muito bem. E posso dizer, assim, que ela escreve muito bem. Concordo com você que a leitura abordada por ela é super fácil e flui ligeiro. Eu adoro livros onde as pessoas narram suas vidas com elas são, e o que mais gosto é de ver os lados negativos. A maioria dos livros só narram histórias felizes no começo, depois triste e depois feliz. Gosto dos pontos negativos no começo e depois a convivência com o personagem a torna especial. Eu acho que foi isso que te deixou grata ao ler. E com a resenha senti uma necessidade de ler o livo. Seja porque não li nada parecido, ou por estar com muita vontade de ler um spin-off já que nunca li um. Fico grato por me mostrar a gradiosidade de tal livro. Só uma coisa que achei meio negativa para o livro foi o titulo, não é algo que chama tanta atenção. Mas deve ter muita coisa a ver né? Beijos, 7hings.com.br igor-thiagoo@hotmail.cm

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse livro na estante há muito tempo, mas nunca peguei ele para ler. Não sei porque. rs

    Adorei a resenha, e agora fiquei mais curiosa para começar a ler.
    Não li "o Noivo da minha melhor amiga", nem assisti ao filme. E ainda bem que não é uma continuação. Não sabia que era spin-off também.

    Adoro as capas que a Novo Conceito produz para os livros da Emily.
    Nunca li nenhum dela, mas sei que é muito famosa no gênero chick-lit.
    Quando puder, darei uma chance ao livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Tenho esse livro na estante há muito tempo, mas nunca peguei ele para ler. Não sei porque. rs

    Adorei a resenha, e agora fiquei mais curiosa para começar a ler.
    Não li "o Noivo da minha melhor amiga", nem assisti ao filme. E ainda bem que não é uma continuação. Não sabia que era spin-off também.

    Adoro as capas que a Novo Conceito produz para os livros da Emily.
    Nunca li nenhum dela, mas sei que é muito famosa no gênero chick-lit.
    Quando puder, darei uma chance ao livro.

    Beijos

    nessinha.002@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nunca li Emily Giffin mas morro de vontade de tantas resenhas legais que já li sobre os livros dela inclusive a sua agora :). Gosto de Chick lit e parece que esse título é bem do jeito que gosto.

    Eu assisti o filme O noivo da minha melhor amiga e gostei bastante, vou dar uma chance para o livro também.

    joycegadiolli@ig.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu não cheguei a ler "O noivo da minha melhor amiga" mas li "Presentes da vida" e também achei um livro delicioso, como você muito bem ressaltou na sua resenha é um livro sobre crescimento e se no começo a Darcy é absolutamente superficial e irritante, ao longo da narrativa ela cresce a cada dia, aprendendo a lidar com as adversidades e a não ser tão autocentrada. Realmente o Ethan é super fofo e como não amá-lo de paixão? Um livro super bem escrito e quando a gente se dá conta está torcendo muito por um final feliz para aquela mesma garota que lá no início era simplesmente uma chata de galocha.
    mcrisaragao@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Gente! Li a resenha de O noivo da minha melhor amiga, e Meu Deus você odiou a Rachel! haha A Autora ganhou pontos comigo, porque construiu dois livros baseados na mesma história, com personagens diferentes, narrando, que são adoráveis e odiáveis ao mesmo tempo.

    Bjinhos
    Letras & Versos
    http://anna-gabby.blogspot.com/
    annagfb@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho esse livro! Ainda não tive tempo de ler. Não li "O noivo da minha melhor amiga", acho que vou ver o filme antes de ler "Presentes da Vida" para pegar o "fio da meada" e ficar por dentro da história.
    leilaschmitz@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nem O noivo da minha melhor amiga mas sou muito curiosa para ler! Ja Presentes da Vida, não tenho nem curiosidade nem vontade de ler! Não sei o por quê!
    Sua resenha é animadora, mas não mudou minha opinião, infelizmente pois dizem que esse livro é bom.

    Gosto muito das capas dos livros da Emily Giffin, são muito lindas!

    Beiijos, Jéssica C.S

    ResponderExcluir
  11. Li O noivo da minha melhor amiga há muito tempo atras. Confesso que gostei da Rachel e peguei birrinha da Darcy, quando li Presentes da vida minha opinião sobre a Darcy mudou um pouco, mas não muito. " Questões do coração" é da irmã do Dex e aparece mais um ponto de vista sobre os amigos.
    Não gostei do filme. O Dex não correspondeu as minhas expectativas.

    franlee.alvez@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. É maravilhoso quando encontramos um livro que nos envolve e nos apaixona. Parece que foi assim que aconteceu. Não tive a oportunidade de lê-lo atá agora. Mas anotei a sua indicação.
    soniacarmo
    retalhosnomundo.blogspot.com.br

    carmosonia5@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. Ah vc me esclareceu sobre esse livro, tenho ele e fiquei pensando que ia ter que ler o noivo da minha melhor amiga...e confesso que não me empolguei mto qd pensei isso...Presentes da Vida parece ser mais próximo de me agradar. E qd vc diz que tem um personagem fofo eu acredito mais ainda, pq sei que temos o mesmo gosto sobre homens literários hahaha =P

    Ótima Resenha Tatha =] Terminei ontem O Poder do Súcubo, S2 Seth forever rs =]

    Miquilis: Bruna Costenaro- bruheadbanger@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li "O Noivo da Minha Melhor Amiga", e também não li "Presentes da Vida". Pelas notícias e resenhas que li, inclusive essa, percebi que o "presentes" é mais interessante do que "O Noivo". Gosto muito de histórias em que as personagens evoluem, mesmo que na marra, com o decorrer da narrativa.

    n_alves4@hotmail.com
    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  15. O ultimo chick-lit que li foi Bergdorf Blondes, eu adorei o livro, agora da Emily ainda não li nenhum, eu tenho Questões do Coração que o House me deu, mas ainda não tive tempo de ler, mas enfim todo mundo fala bem demais da autora, mesmo não tendo lido nada dela, chega a ser contagiante, e as vezes me pego dizendo que adoro o que ela escreve sem nem ter lido!
    Quando Presentes da Vida foi lançado, não me interessei muito, mas quando li o primeiro capitulo queria mais!
    E sobre questões do coração, quando saiu a promoção de um ano, e ele era um dos prêmios ficou louca da vida, pois já fazia um tempão que eu queria ler, ai participei com tudo!
    Bem, a resenha está ótima, não sei como vocês conseguem escrever assim!
    abraços

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho Presentes da Vida, mas ainda não li. Por um motivo ou outro sempre fui adiando a leitura. Achei muito pertinente você ter explicado sobre o "spin-off" porque eu achava que Presentes da Vida era a continuação de O noivo da minha melhor amiga e pensei que, se lesse Presentes da Vida sem ter lido o outro, ficaria perdida na história. Que bom que você esclarece isso. Achei a resenha muito clara e bem fundamentada, principalmente com relação à sensação de ódio e amor pela personagem principal. Gosto de histórias assim, que mostram o amadurecimento da pessoa gradativamente, mesmo tendo sido forçado por uma situação. Ao que parece, o estilo de escrita da autora é muito bom de ler e a narrativa flui de forma agradável. Acho que colocarei "Presentes da vida" na frente de alguns outros aqui na minha fila.

    ResponderExcluir
  17. Eu Adoro a Emily!Li Questões do Coração e simplesmente AMEI...Estou doida pra ler presentes da vida e o noivo da minha melhor amiga *-* Gostei muito da resenha me passou exatamente oq eu já imagina da historia leve e envolvente!!Adoro chick-lit adulto,To muito muito mesmo curiosa para conhecer a historia de Darcy, e torcer muito por ela ♥
    szane@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. esse foi o primeiro livro que li da Emily apesar de sempre ter tido vontade de ler seus livros, eu adorei a historia e acho lindo o jeito com que ela construiu personagens tão proximos da realidade, creio que todos temos um pouquinho de Darcy,ou um pouquinho de Rachel e aceitar que nós não somos perfeitos é dificil e um caminho doloroso como o livro conta, no começo temos uma Darcy e no final uma outra Darcy a qual me senti muito bem de ter conhecido e de certa forma participado da historia, ja que as emoções de Darcy me deixaram com a sensação de o que eu faria se fosse comigo? e claro que todas nós adorariamos cruzar com um Ethan por ai:)
    @thailadesouza
    thailikasouza_candy@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. Presentes da vida é um livro adorável. Não só pela história fluir bem, ser bem escrita e ter personagens carismáticos e/ou que nos causam algum tipo de sensação (boa ou ruim).
    É um livro que fala sobre mudanças possíveis.
    Penso que o amadurecimento de Darcy é algo formidável Uma pessoa que vai percebendo que a vida não é bem "assim" e constrói aos poucos um novo caminho. Uma pessoa que tinha "alguéns" ao seu lado e não via, mas que no final reconhece a importância da amizade e da lealdade.
    Recomendo!
    bjs
    @anaisfollowing

    ResponderExcluir
  20. Nunca li nenhum livro dessa autora, mas parece que esse livro te envolveu...
    com certeza vou adicioná-lo a minha lista =)

    Beijos
    ma_milesi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  21. Nunca li nada da Giffin, mas morro de vontade, pois, esse livro em especial, só já vi resenhas positivas, e a sua foi mais uma só para aumentar minha vontade! Agora, na hora em que encontrá-lo por aí, vou comprar com certeza! Mas ainda não li O Noivo da minha melhor amiga e nem assisti ao filme, será se tem problema?

    Brunna Carolinne
    brunna_plutao@hotmail.com
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Eu ainda não li nada da Giffin,mas eu assisti o filme ''O Noivo da minha melhor amiga''.Pelo que percebi da resenha Darcy ao longo da trama se transforma.Se torna uma pessoa melhor, e tudo que ela passou,todos os problemas ela pode melhorar.E isso é tão bacana,quando alguém depois de sofrer,tanto com a vida quanto com as atitudes que toma,e depois disso se torna em uma pessoa melhor ,se torna uma pessoa que ao longo do tempo pode sorrir e olhar para o passado e vê que a vida fez com que ela mudasse,pra melhor, e no futuro ter orgulho da pessoa que se transformou.
    Parabéns pela resenha.
    Em breve quero ler mais dessa autora


    Jéssica Rodrigues
    jeskinha_416@hotmail.com
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Já assisti o Filme O Noivo da Minha Melhor Amiga e confesso que terminei o livro com uma sensação de Ahm?! Como assim?
    Não gostei muito. Não sei se gostarei mais do livro, mas sinceramente não tenho vontade de ler nem ele nem Presentes da Vida. Posso estar comentendo uma grande injustiça, mas pelo menos por um momento, não me interessa.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  24. Eu tenho esse livro aqui em casa, mas ainda não li, não sabia que ele era um spinn-off, serio mesmo, nem passou pela minha cabeça isso. serio que ela vai vim para o rio na bienal? *-* vou pegar alguns autografos então ^^

    ResponderExcluir
  25. Ja ouvi falarem bastante da autora mais nunca li nenhum livro dela...Adoro chick-lit e esse parece ser bem legal!
    xoxo

    ResponderExcluir