A Casa das orquídeas - Lucinda Riley


Após uma tragédia envolvendo pessoas muito queridas, Júlia Foster, uma pianista muito conceituada internacionalmente, resolve se afastar de tudo. E, em meio a sua tristeza, acaba indo, convencida por sua irmã Alícia, a um leilão que está acontecendo em Wharton Park, propriedade que frequentava quando criança, onde seu avô era jardineiro. No local, havia uma bela estufa, onde seu avô cultivava lindas orquídeas, que nasciam e morriam com as estações, e onde as melhores histórias eram contadas.
Lá, ela encontra com Kit Crawford, que conheceu quando ainda era garoto, e hoje é um homem simpático e muito atraente que também possui uma história triste, e com quem começa uma amizade. Durante uma reforma na propriedade, ele encontra um diário escrito durante a Segunda Guerra Mundial, e o entrega a Júlia, que passa a querer descobrir a verdade por trás do romance que destruiu o futuro de Wharton Park.
A partir daí, o leitor é transportado a uma outra época e passa a saber sobre a vida do casal Olívia e Harry Crawford, que acabou afetando Wharton Park e a todos que residiam e trabalhavam na propriedade, inclusive suas futuras gerações.
O começo do livro apresenta uma narrativa meio lenta, o que acaba sendo um ponto negativo já que o livro possui 560 páginas, e dá uma desanimada no leitor. Mas, se eu tenho um conselho para te dar, é que não desista da obra, já que, com o passar da história a leitura acaba tomando rumos que nos prendem, e até o final você já fica encantado com todo o universo desenvolvido pela autora.
“A Casa das Orquídeas” é dividido entre passado e presente e a maior parte é narrada em terceira pessoa, mas também há vezes em que Júlia é a narradora. O cenário também muda constantemente e temos a possibilidade de conhecer diversos países e os costumes de seus povos. Todos esses elementos acabam trazendo mais riqueza de detalhes, o que é positivo, pois o leitor acaba se encantando por esses lugares, mas também pode ser negativo, pois algumas vezes a autora descreve esses locais com muitos detalhes, tornando algo mais cansativo.
A narrativa da autora deixa o leitor com muitas expectativas, tentando desvendar o que realmente ocorreu, e ela soube desenvolver o pano de fundo e ligar as tramas de uma forma muito convincente, fazendo com que eu não conseguisse largar as páginas até concluir a leitura.
Essa obra é repleta de reviravoltas, cheia de segredos e revelações, o que considero um ponto muito positivo, principalmente em um livro tão extenso, além de contar com grandes momentos recheados de drama, amor e redenção, despertando os mais diversos sentimentos em quem está lendo.
A capa está linda e condizente com a trama, já que há o presente e o passado representados nela, na capa e na contracapa. E, como amante de capas, gostei desse detalhe. A diagramação é simples, como característico da editora, e muito bem feita.
Se você gosta de romances envolventes, emocionantes e complexos, que são passados durante o período da Segunda Guerra Mundial, além de bem escritos, cheios de drama e apaixonantes, essa é uma leitura recomendada a você.
Avaliação



>> Esse post está participando do Top Comentaristas Nº 08 - FORMULÁRIO
>> Esse post está participando da Promoção Fim de Semana Novo Conceito



Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. A capa é realmente linda e a hhistória me prendeu ainda mais quando você falou que se passa na segunda guerra mundial. Adoro romances históricos. Adorei a resenha e vou procurar ler sim esse livro.
    bjs

    Joyce
    joycegadiolli@ig.com.br
    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Romance histórico bem escrito é tudo de bom né?!Amei a capa tbm, e me parece ser bem envolvente apesar de grandão (560p) rsrs Um Drama bem escrito é uma delicia de se ler!!Tomara msm que eu leia em breve!!Bjao

    szane@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é um tanto grossinho... A capa é linda! Mas com tantas mudanças(passado, presente, narrador, local da história) não fica confuso não? É, pode não ser, eu é que sou lerdinha mesmo KKKKKKK ADORO romance *--* Pronto! Agora eu quero ler esse livro...

    Brunna Carolinne
    brunna_plutao@hotmail.com
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Own...deve ser uma historia bem bonita...lembra um pouco a ultima carta de amor...amo esse tipo de livro mas na maioria das vezes nunca acaba bem...tomara que nesse tudo de certo tanto para os personagens do futuro quanto os do passado...Amei a resenha...
    xoxo

    ResponderExcluir
  5. eu tenho esse livro e estava meio desconfiada dele, por conta do numero de páginas eu ficava pensando sera que tem tanta historia? sera que não vai ser uma leitura arrastada? e por isso demorei um pouco para lê-lo, quando o peguei pra ler, num feriadão e tava sem nada pra fazer me surpreendi, não conseguia largar o livro a não ser pra pensar rapidamente sobre a situação que os personagens enfrentavam, li quatro horas seguidas, sem ter sono, sede, fome. Nada! Eu só queria ler, tava viciada. Lucinda me supreendeu, criou uma historia envolvente e emocionante, com personagens tão bem criados que seria fantastico encontrar um harry, um kit, uma julia pela vida. A historia se enrremeda de uma forma tão bonita, tão fanatastica envolvendo duas familia, duas historias que vc le e quer continuar a ler, pois vc torce pelo merecido final feliz!
    @thailadesouza
    thailikasouza_candy@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. A capa é linda!!! Como todas da Novo Conceito atualmente... nao conhecia a historia desse livro, mas parece ser linda *.*

    bjos
    ma_milesi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. A Casa das Orquídeas é um livro encantador para mim. Ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas a cada resenha e comentário que vejo, fico com mais vontade.
    Gosto deste clima de passado, de histórias que já se foram mas deixaram seus rastros. Também é legal o mistério decorrente da carta e o possível romance entre Julia e Kit (não sei se rola, mas acho que sim).
    Parece ser um livro que abre portas para outras realidades, países, sensações. E isto é o fantástico da literatura.
    São muitas páginas, mas bem aproveitadas e que valem a pena serem lidas!
    bjs
    @anaisfollowing

    ResponderExcluir
  8. Já estava louca para ler esse livro e a sua resenha triplicou essa vontade.Adoro livros que nos remetem ao passado.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!

    khrysanjos@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Desde que vi esse livro pela primeira vez e li a sinopse, fiquei com muita vontade de ler. Agora já tenho o livro aqui na estante mas ainda na chegou a hora de ler. Acho que sua resenha foi uma das mais completas que já li a respeito da “Casa das Orquídeas”. Por ter muito de histórico, principalmente da época da Segunda Grande Guerra, eu já fiquei encantada. Não sabia que a autora ambientava e descrevia outros países e costumes e gostei muito da ideia, acho enriquecedor. Não me incomodo com livros descritivos, desde que essas descrições estejam dentro de um contexto que faça sentido e histórias dessa natureza geralmente começam mais devagar mesmo, mas depois que a história entra no ritmo, as páginas passam facilmente. O clima de mistério e segredos, aliado ao fato dessa alternância entre passado e presente deve dar um tom todo original ao texto, pelo menos foi a impressão que eu tive lendo sua resenha. E para finalizar, com uma avaliação de “cinco casinhas” e uma resenha tão bem fundamentada e sincera, não tem como não querer ler o livro imediatamente.

    vanildarm@hotmail.com
    @VanildaP

    ResponderExcluir
  10. A capa realmente e linda. Já passei muitas vezes por ele mas nunca imaginei que seria esta a historia. A novo conceito está se superando nas capas ultimamente...

    Bjus

    Franlee.alvez@gmail.com
    @fran_alves

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros que tenham reviravoltas,e que ainda tenha suspense.O que facilita a leitura, já que o livro é tão extenso.
    Eu conheci a autora na Bienal de SP, e ainda não conhecia muito desse livro, só que depois que comprei ele,e ai comecei a ler algumas resenhas.
    Pretendo ler em breve esse livro.
    Parabéns pela resenha

    Jéssica Rodrigues
    jeskinha_416@hotmail.com
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Como sempre uma ótima resenha. Gosto muito de livros que retaratam momentos históricos e ainda com romance, e aguardando o inesperado, com certeza será um excelente livro para ler.Capa maravilhosa, aliás as capas da editora são charmosas.
    mcdemello@ig.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu quero ler o livro, já li muitas resenhas sobre o livro e cada resenha lida é mais vontade ainda pra ler.Falta só ganhar de presente no aniversário já que não consegui comprar ainda!

    Yasmim Namen
    yasmim_fd@hotmail.com
    @nyasmim

    ResponderExcluir
  14. Uuau também tenho este e ainda não pude ler, mas me parece bem legal, por isso tentei ganha-lo, não vejo nem a hora de ler, mas são tantos livros!!!
    :)

    ResponderExcluir
  15. Não imaginava que o livro tivesse tantas páginas! É um pouco chato quando começa de forma muito lenta... Mas, se a história for boa, vale a pena ler. Acho a capa linda!
    leilaschmitz@yahoo.com.br
    @Leila_C_S

    ResponderExcluir
  16. Tenho esse livro aqui, e quero mto lê-lo, mas qd o escolhi não sabia que ele se passava em diversos países e que as culturas destes apareciam. Agora a desesperada pela europa (é na europa? rs.)vai querer ler logo só por isso.
    Acho a capa um charme, na verdade gosto até do nome, adoro flores e suas fadas S2!

    Miquilis: Bruna Costenaro- bruheadbanger@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Acho essa capa linda e fiquei curiosa para ler.
    Sei que vou achar um pouco cansativo, pelo fato do livro ser enorme e com a quantidade de detalhes que a autora escreve, mas pela resenha, sei que vale a pena.

    Mais um para a listinha de livros.

    Beijos

    Vanessa - nessinha.002@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Eu também achei a capa lindíssima, mas como não sou fã de romances esse livro não me interessou muito.
    Não tenho muita vontade de ler.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  19. Essa capa foi o que me encantou e me motivou a ler essa história que não posso descrever com nada menos do que maravilhosa. A história abrange tantas vidas e tantos temas, mas não os deixa confusos, já que há uma linha tênue ligando todos os fatos e gerando uma história de tirar o fôlego. Simplesmente amei cada detalhe da cultura e da vida dos personagens. Para mim, uma história genial, pois a autora conseguiu juntar tragédia, história e amor, além de muitos segredos, em um livro sem nenhuma brecha. Ela conseguiu escrever um livro completo, no quesito enredo, personagens e plano de fundo. Ela conquistou os leitores e se tornou uma das minhas autora favoritas.

    Beijos,
    Samy Aquino.
    http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho esse livro aqui em casa, li algumas resenhas sobre ele, mas só a sua me deixou realmente animada para le-lo. Ele é bem gordinho :]

    ResponderExcluir
  21. Adoro livros grandes! Esse parece ser bem legal o fato de ele ter duas versões sendo contadas a do passado e futuro! lembra bastante "A ultima carta de amor"

    Achei bem legal

    xoxo

    ResponderExcluir
  22. AMO romances, principalmente grandes! Infelizmente ainda não tive tempo de ler este embora eu ja tenha! Mas até o fim do mês eu leio!

    ResponderExcluir