Nada Mais a Perder - Jojo Moyes

Sendo uma fã de carteirinha de Jojo Moyes, sempre que me é possível começo a leitura de um dos seus títulos, pois já sei que com certeza vou amar a história. O livro da vez foi “Nada Mais a Perder”, que é um dos poucos que ainda não tinha lido dela, e que pareceu me trazer uma história encantadora.
Neste volume conhecemos Sarah, uma adolescente de apenas quatorze anos que perdeu a mãe cedo e que foi criada por seus avós. Ela tem um grande amor pelos cavalos, assim como o seu avô Henri, um antigo cavaleiro francês de Le Cadre Noir (uma renomeada escola de hipismo na França onde ele estudou quando era jovem). Todos os dias, antes de ir para escola, nossa protagonista passa nos estábulos para treinar com o Boo, seu cavalo, mantendo a sua rotina bem rígida e sendo treinada sempre pelo seu avô, que lhe ensina tudo o que sabe, já que seu sonho é que sua neta siga os mesmos passos. Como já havia perdido a sua avó quatro anos antes, ela vê sua vida mudar completamente quando o seu avô adoece, já que acaba ficando sozinha à mercê da própria sorte, até que algo muda e ela precisa ficar sob a guarda de uma família temporária.
É assim que a vida de nossa protagonista se cruza com Natasha e Mac. Ela é uma advogada que passou a viver para o trabalho, principalmente depois que o seu marido foi embora. O relacionamento deles ia de mal a pior, e por conta disso ele saiu de casa. Mas, após quase um ano, ele resolve voltar e, como parte da residência ainda era do mesmo, ele volta para lá, até que ela seja oficialmente vendida.
Quando Sarah vai morar com eles, a vida de todos muda bastante, até porque ela é uma adolescente cheia de segredos, fechada, e que acima de tudo não quer que ninguém descubra sobre Boo, já que ela o ama de coração, compartilhando carinho, amor e amizade tão grandes pelo animal, que dificilmente as pessoas conseguem entender.
Mac e Natasha passam por diversas situações para tentar salvar a vida da menina, uma vez que ela se mete em diferentes tipos de confusões, já que não conta para ninguém os seus segredos e acaba sumindo por determinados períodos, etc.
Com uma escrita cativante, Jojo mais uma vez conseguiu me conquistar em todos os momentos, trazendo personagens incríveis e um enredo muito bem construído. A leitura é tão envolvente que parece que estamos junto com os personagens, sentindo o que eles estão sentindo, e torcendo para que tudo dê certo em suas vidas.
O livro é narrado em terceira pessoa, dividindo capítulos sobre a vida de Sarah e sobre a vida de Natasha, o que foi bem legal, já que assim conseguimos entender tudo de uma forma mais ampla, nos dando uma visão melhor de tudo o que estava ocorrendo na vida de ambas as protagonistas.
Os personagens são ótimos, muito bem construídos, trazendo características que nos aproximam de cada um deles, já que são bem reais. Vemos que ambas as protagonistas têm uma personalidade forte e temperamento explosivo. A Sarah não deixa de ser uma menina sonhadora, enquanto a Natasha é uma mulher determinada e muito focada no trabalho, passando até mesmo a imagem de ser uma pessoa fria.
A capa é linda, tem tudo a ver com o conteúdo, e segue um padrão com as capas de todas as outras obras da autora, fazendo com que fiquem maravilhosas quando juntas. A fonte do texto não tem um tamanho muito confortável para a leitura por ser pequena, mas os espaçamentos estão bons, e as páginas são amarelas.
Recomendo muito “Nada Mais a Perder” para todo mundo, pois, como sempre, Jojo consegue nos prender em todos os momentos com um pano de fundo incrível, nos trazendo personagens muito bem construídos, em uma narrativa rápida e fluida, dentro de uma leitura que consegue nos cativar e emocionar com uma história intensa, muito bem desenvolvida, cheia de esperança e sentimentos aflorados.
Avaliação





Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário