A Menina que navegou ao Reino encantado - Catherynne M. Valente


Assim que vi pela primeira vez a capa de “A Menina que navegou ao Reino encantado” ela já me chamou muita atenção. Não sei dizer se é pelo desenho, ou pelo título, mas fiquei muito interessada em ler sobre a história. Então, quando li a sinopse, fiquei encantada, pois adoro livros com histórias de aventuras e quando vi que ele foi indicado por Neil Gaiman, eu definitivamente sabia que deveria ler ele bem rápido.
O livro nos conta a história de Setembro, uma menina de 12 anos que passa a tarde inteira cuidando da casa em companhia de seus livros, pois seu pai foi, recentemente, convocado para a guerra e a mãe teve que fazer mais horas em seu trabalho em uma fábrica de aviões. Sonhadora, ela conheceu, através de suas leituras, mundos mágicos repletos de aventuras. E é por isso que quando o Vento Verde a convida para ir ao Reino Encantado ela não precisou pensar muito para aceitar a oferta e pular na garupa do Leopardo das Pequenas Brisas.
Infelizmente, ela acaba se separando de Vento Verde e acaba ficando um pouco perdida, já que não sabe muito bem para onde deve ir e nem o que fazer, sendo ajudada por diversas criaturas em sua jornada. Quando nossa protagonista chega ao seu destino final, ela encontra o reino em um momento não muito agradável, já que a rainha Malva desapareceu e uma garota malvada chamada Marquesa estava governando o local.
A Marquesa governava de forma extremamente cruel, prendendo as asas de todos os seres voadores, aplicando impostos e praticando a escravidão, além de manter muitos seres encantados presos em celas de ferro.
Em sua trajetória, Setembro faz novos amigos, inclusive com um dragão muito fofo chamado Draladoteca (vocês vão entender melhor o motivo deste nome quando lerem a história), e um menino azul chamado Sábado. E é junto deles que a nossa protagonista vive uma aventura bem interessante que nos prende do início ao fim. Os personagens são encantadores e bem trabalhados, alguns são bem diferentes do que estamos acostumados a ver por aí, aguçando ainda mais a nossa imaginação.
Em cada começo de capítulo encontramos um desenho (lindo!!) e uma pequena introdução, uma frase. O final do livro acaba de uma forma incrível que nos deixa de boca aberta e implorando para que tenhamos um pouco mais de Setembro e suas aventuras. A narrativa é bem gostosa e a leitura flui bastante, de modo que a gente acaba o livro sem nem perceber que já estávamos perto do fim.
Apesar de ser considerado um livro infantil, acho que ele é do tipo que agrada a todas as idades, por isso recomendo ele a todos integrantes de uma mesma família. Desde os mais novos, até os mais velhos que gostem de uma boa história que relembre a infância, cheia de aventuras.
A capa do livro é maravilhosa, do tipo que chama atenção de longe, e o título é em alto-relevo com verniz localizado. E, mesmo sendo um título grande, ficou perfeito e representa bem tudo que é narrado. As cores são bem lindas e a diagramação está perfeita, cheia de desenhos maravilhosos. A Leya fez um excelente trabalho ao trazer a nós um livro tão lindo e encantador e com tantas qualidades que eu só posso parabenizá-la e recomendar muito a todos vocês. Espero que todos fiquem maravilhados com essa história, assim como eu.
Avaliação






>> Esse post está participando do Top Comentaristas Nº 06 - FORMULÁRIO


Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. Não conhecia esse livro e ainda não tinha lido nenhuma resenha dele. Fiquei encantada, para dizer o mínimo. Apesar de ter um "pouco mais de idade", eu adoro os livros de fantasia e aventura, porque li vários deles quando era criança e sempre que vejo um, quero ter para guardar também para a minha filha ler mais tarde. Veja só: dragão, marquesa cruel, uma menina corajosa ... são ingredientes mais que suficientes para fazer uma história divertida e sua resenha provou que um bom enredo não tem idade para ser apreciado. Adorei!

    Vanilda Procópio
    @VanildaP
    vanildarm@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Consegui esse livro solicitando pelo Plus, no Skoob. Ja esta na minha lista de leitura pra esse ano! Sei que é infanto juvenil, mas eu amo esse genero.
    Adorei a resenha. Só me deixou com mais vontade de ler!

    Bjokas
    Flavia - www.livrosechocolate.com.br

    ResponderExcluir
  3. *............* Aih nossa
    este é um dos que mais quero ler, como vocês já devem saber, adoro livros de aventura e fantasia, e este me parece divino :3
    Me sinto muito bem lendo eles, sei lá é como se fosse uma parte da minha vida (isso fez sentido?) :3

    yarasp71@hotmail.com

    ME GUSTA

    ResponderExcluir
  4. Apesar, eu achava que o livro era só sobre dragões :)
    dúvidas esclarecidas

    ResponderExcluir
  5. Eu simplesmente amei! Adoro quando personagens tem nomes como o dela, Setembro. O plano de fundo que eu fiz na minha FERTIL imaginação kkkkk foi de Londres nos tempos de segunda guerra, em pelo outono. Que demais! kkk
    Achei bem interessante, e não tem como negar que me fez lembrar de
    O Mágico de Óz!!! ^^

    O livro deve ser lindo mesmo, concordo com vc. Por sua resenha percebi que gostasse mesmo, então quando alguem me perguntar de um livro como esse, já sei agora qual indicar!!!

    Bjão
    Mauricio Dias
    maumauz@live.com

    ResponderExcluir
  6. Amo capaz com alto relevo, são lindas e a capa deste livro realmente chama muito a atenção.

    Esses livros voltados para um publico mais infantil e juvenil sempre me chama a atenção kkkkk pela ingenuidade dos acontecimnentos do se deixar levar q só vemos nestas histórias.

    "Ela conheceu, através de suas leituras, mundos mágicos repletos de aventuras" e não somos todas assim? Viajamos em cada aventura lida e aprendemos muito com ela.

    E tem dragões, eu sou apaixonada por dragão!

    glnemcl@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Como livro infantil achei super fofinho, tanto a capa como a história em si. Me lembrou um pouco Alice no país das maravilhas. Só não me ficou bem claro que era Vento Verde, mas tudo bem ^^
    Não sou do tipo de ler muitos livros infantis, mas já sei que quando quiser uma história leve e divertida esse livro é uma ótima opção.

    lorranya@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Mais uma vez eu fiquei encantada com a sua resenha, sempre trazendo livros lindos e super legais, ao ver a capa (que é linda, apesar do dragão ser meio estranho rs) eu pensei "mais um livro para a minha "pequena" lista de leituras" rsrs... e foi exatamente isso que aconteceu, eu simplesmente me encantei com essa história, adoro livros de aventuras infanto-juvenis, são quase sempre muito boas. Achei o nome da personagem principal bem inusitado, a resenha desse livro nesse mês foi bem pertinente rsrs... mas bem legal, a história em si me cativou bastante.
    Mais uma vez tenho que dizer "espero ler em breve esse livro, pois quero muito lê-lo" rsrs...

    Parabéns pela ótima resenha, ficou d+.

    lucyi_cardoso@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Desde que a editora divulgou a capa do livro eu tive certeza de que teria que lê-lo.
    Sou simplesmente apaixonada por estórias de fantasia, principalmente com seres mágicos (sem contar que amo dragões)...
    Enfim, adorei sua resenha, disse tudo sem revelar muito sobre o livro. Só posso te dizer que fiquei com mais vontade ainda de ler o livro!
    Espero que isso aconteça em breve, mas com tantos outros na fila de leituras e compras acho que vai demorar...

    Beijos, parabéns pela resenha.

    Letícia
    Animus Book

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Nao gosto muito de livros com temas mais infantis, confesso, mas quando se tornam séries e nós acompanhamos a jornada é muito interessante.
    O livro parece mesmo ter bastante aventura, eu amei os nomes! hehe E fiuei curiosa pra saber por qual motivo o dragão tem este nome, será que tem algo a ver com biblioteca? hehe
    Não sei se é o tipo de livro que eu compraria por livre e espontânea vontade, mas com certeza seria o livro que se me desse eu leria ^^
    Parabéns pela resenha
    Beijos!

    Andressa
    umdiaacadalivro.blogspot.com
    andressa.j.oliveira@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Ah fantasia, como esse gênero me arrebata de cara, esse livro desde a primeira olhada estava na minha lista, eu quase o comprei no sebo, e no fim ele vai estar entre os livros que vou me dar de aniversário, simples assim =P

    Essa coisa de nomes estranhos, mundos com regras malucas (é o que parece rs) me atrai mto, acho que a loucura é fascinante se bem conduzida. Veja o caso de Alice no País das Maravilhas, loucura sincronizada bem feita (mas confesso que até uns anos atrás ele me dava dor de cabeça pq não compreendia rsrsrs!).

    Gostei da resenha, será que o livro vai ter continuação ou é único? Eu sou adepta das séries, assim a magia demora mais a acabar =P

    Miquilis: Bruna Costenaro- bruheadbanger@hotmail.com- @BruFinland

    ResponderExcluir
  12. Eu gosto muito de livros sobre fantasia, mas não sei se gostarei desse, exatamente. Me pareceu meio infantil demais, então fico um pouco na dúvida. A capa realmente é linda.
    Gostei da resenha, mas não sei se lerei o livro.
    Thais Vianna- @dathais - dathais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Quando olhei para esta capa já fiquei com muita vontade de ler, mas a tua resenha me empolgaste mais ainda. Adoro aventuras infato-juvenis, mesmo que esta se adeque a todas as idades, pois sempre nos fazem imaginar bastante e possuem uma narrativa tão encantadora.
    Mesmo pela minha curiosidade, talvez eu não comprasse se não possuísse um irmão mais novo que também ama ler. Por isto adoro encontrar resenhas que falem sobre livros para este público. :D Graças a ele não consigo abandonar a infância!
    Adoro quando os autores criam uma 'teoria' para os nomes malucos e isso é tão divertido, pois vemos mais isto em livros infantis.
    Parabéns pela resenha tão meiga e fofa! *-*

    Beijos,
    Samy Aquino (@umalimonada)
    http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir