Contos Peculiares - O Lar da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares #0.5 - Ransom Riggs

Gosto bastante de séries que conseguem me prender do início ao fim, e com “O Lar Da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares” não foi diferente, já que ela me encantou com a sua narrativa e uma ótima história de pano de fundo. Por este motivo, resolvi começar a ler “Contos Peculiares”, que é uma coletânea de contos e fábulas citados ao longo da série, que me chamaram bastante atenção. Agora, venho compartilhar com vocês tudo que achei sobre essa coletânea, que ganhou uma edição lindíssima pela Editora Intrínseca, de fazer qualquer pessoa babar.
Esse título não precisa ser lido junto com os demais da trilogia, já que se trata de dez contos de folclore peculiar, independentes da história, apesar de fazerem parte da mesma. E, logo no início do livro, encontramos a nota do editor, que foi ninguém menos que Millard Nullings, o garoto invisível que conhecemos ao longo da série e que teve tamanha importância na mesma, e que já havia nos conquistado com o seu jeito cativante e carismático. Agora ele é o narrador dessas histórias bizarras e peculiares que passamos a conhecer.
Neste volume conhecemos histórias como a da princesa que tinha pele de lagarto, a primeira aparição da ave que se torna mulher, um menino que vira gafanhoto e foge com um grupo de gansos, canibais ricos que comem braços e pernas de peculiares que têm o dom de se regenerar, uma menina que domava pesadelos, entre outros contos que há séculos povoam o imaginário dos peculiares. O narrador consegue expor a perseguição e a dificuldade que as pessoas tiveram por serem diferentes, nos trazendo uma lição sobre a incompreensão do ser humano com aquilo que eles não conhecem. E para quem já leu os livros dessa série, esse volume também traz um desfecho alternativo para a tocante história do gigante Cuthbert, que conhecemos anteriormente.

Esse título é bem gostoso, e em todos os contos encontramos uma lição de moral que considero bastante importante para os leitores refletirem. Com uma narrativa rápida, leve e fluida, este volume nos prende em todos os momentos, com um pano de fundo bastante interessante em um universo complexo. E também inclui surpreendentes comentários e notas de rodapé do editor Millard Nullings, o que deixa a obra ainda mais rica.
A edição impressa está maravilhosa. A capa é dura, linda, chamativa e as ilustrações estão com um acabamento dourado, tanto na parte da frente quanto na quarta capa. A folha de guarda é incrível e também recebeu um acabamento dourado. O miolo é todo enfeitado com detalhes gráficos e recheado de ilustrações magníficas em preto e branco no início de cada capítulo, que me agradaram completamente. As páginas são amarelas, mas algumas também são douradas. (Este mês está bastante corrido porque é final de ano, mas depois vou atualizar o post com fotos especiais deste exemplar fantástico)

Se você, assim como eu, amou ler os livros de Ransom Riggs da trilogia “O Lar Da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares”, já que eles nos levaram para uma aventura diferente, com personagens excêntricos, além de cativantes; não pode deixar de ler esse volume, já que ele consegue nos prender em todo os momentos com dez contos desse universo maravilhoso e cheio de peculiaridades. E ainda conta com uma narrativa rápida, fluida e envolvente, que vai agradar os leitores de todas as idades. Gosto bastante deste universo e por este motivo recomendo não só esses contos, como a série inteira para todo mundo.
Avaliação



Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Que legal não sabia que tinha sido publicado um livro com 10 contos inspirados no livro O Lar Da Srta. Peregrine. Na verdade os contos se passam dentro da história, e inclusive me parecerem realmente serem envolventes, e cativantes, e como mesma disse cheia de peculiaridades. Ainda não li a trilogia, mas assim que eu as ler, pretendo compra esse livro.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho um caso de amor e ódio com contos, mas tenho uma queda por contos de séries que eu já conheço e que me encantaram, então esse livro entrou nos meus desejados assim que eu terminei o primeiro livro da série. Agora só de saber que o responsável pelo livro é o fofo do Millard, quero ainda mais.
    Parabéns pela resenha, ficou ótima

    ResponderExcluir
  3. Tenho lido muitas resenhas e comentários sobre o livro e vejo que ele está bem cotado. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas gostaria muito, pois ele possui tudo o que gosto em uma história: magia, suspense, aventura e mistério.

    ResponderExcluir