A Garota Que Você Deixou Para Trás - Jojo Moyes

Gosto muito dos livros de Jojo, que sempre conseguem me prender com uma história deliciosa e tocante. Claro que ela entrou para a minha lista de autoras que eu preciso ler o quanto antes, e, por este motivo, resolvi começar esta obra, que eu ainda não tinha lido. Agora venho compartilhar com vocês todas as minhas opiniões a respeito deste título.
“A Garota Que Você Deixou Para Trás” é dividido em duas partes. Na primeira somos levados para o ano de 1916 na França, em plena Primeira Guerra Mundial, onde conhecemos Sophie Lefèvre, uma jovem mulher que vivia em Paris com o seu marido, um pintor que a usou como musa inúmeras vezes. Porém, ele foi convocado para a guerra, fazendo com que ela volte a morar com seus irmãos e sobrinhos em um vilarejo do interior, em uma cidade chamada St. Péronne, ocupada pelos alemães. Sophie e sua irmã trabalham no o Le Coq Rouge, um antigo hotel luxuoso, que agora é um bar que mal consegue servir os seus fregueses.
Os alemães racionam e confiscam tudo, colocando toque de recolher e trazendo medo constante para a pequena vila. A vida de nossa protagonista ficou bem difícil, e a única coisa que a faz se lembrar dos tempos bons, de como era a sua vida antes da guerra, é o autorretrato que foi pintado por seu marido Édouard Lefèvre.
O Kommandant Friedrich Hencken, o alemão encarregado da cidade, ficou impressionado por Sophie e por seu quadro, já que ele não estava retratando aquela moça magra e maltratada pela guerra, mas, sim, uma mulher bela e confiante, escolhendo então, ela e a sua irmã para que façam a comida dos soldados alemães, fazendo com que ambas passem a receber mantimentos para preparar a comida do inimigo.
Tudo que Sophie consegue pensar é que ela precisa reencontrar o marido, mesmo que para isso tenha que arriscar a própria vida, então vemos que ela não mede esforços em busca do seu amor, mesmo que isso acabe com a sua reputação.
Noventa anos depois, entramos na segunda parte da história, no ano de 2006 em Londres, onde conhecemos Liv, uma mulher que vive em uma casa de vidro construída pelo seu marido, um engenheiro de sucesso que acabou morrendo quatro anos atrás. Agora, Liv se vê sozinha e com problemas financeiros. Ela tem um quadro intitulado “A garota que você deixou para trás”, do qual gosta muito, já que foi um presente de seu marido, e que está com ela há dez anos.

Liv está saindo com Paul, um homem que tem um emprego bem diferente, já que ele é um investigador de obras de arte roubadas durante a primeira guerra, e recupera essas obras para devolvê-las aos seus verdadeiros donos. Ele estava justamente atrás do quadro “A garota que você deixou para trás”, quando se depara com ele na parede de Liv.
Para continuar com o quadro que tanto ama, já que foi um presente do seu falecido marido, Liv resolve ir atrás de sua história para provar que ele foi comprado legalmente e não roubado. Ela, então, acaba conhecendo a história de Sophie e tendo que sofrer com a sua batalha para tentar ficar com a obra.
Jojo, como sempre, escreveu um livro delicioso, que consegue conquistar a gente do início ao fim com uma narrativa rápida e fluida e um pano de fundo brilhante. Essa é uma história forte, com toques sutis, que retratam duas mulheres que sofriam com a ausência do marido, mas que correram atrás dos seus objetivos com a mesma força interior.
A capa é muito bonita e segue o mesmo estilo das demais obras da autora, e eu gosto muito dela. A diagramação está bastante confortável para uma leitura fácil e sem complicações, e as páginas são amarelas.

Recomendo este volume para todo mundo que goste de uma boa e tocante história, que consegue prender a gente a cada virada de página com um pano de fundo incrível, e com duas protagonistas que trazem dentro de si uma força interior muito grande, e que, movidas pelo amor, são capazes de enfrentar diversos problemas. Jojo novamente conseguiu me surpreender com um enredo belíssimo que facilmente emociona os leitores, trazendo diversas lições de vida.
Avaliação



Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Tentei ler esse livro a um tempo atrás e acabei abandonando mas acho q vou tentar novamente... gostei da resenha!!!

    ResponderExcluir