Sonhos com Deuses e Monstros – Feita de Fumaça e Osso #03 – Laini Taylor

Desde que comecei esta trilogia, venho acompanhando fielmente todos os volumes, e assim que possível sempre começo minha leitura, sabendo que ela vai ser bastante prazerosa. Quando tive a oportunidade de ter este terceiro e último livro em mãos, logo comecei a ler, furando a fila na frente de muitos outros, e agora venho compartilhar com vocês todas as minhas opiniões. Lembrando que, por este ser um volume mais avançado desta trilogia, ou seja, o que fecha a história, pode ocorrer de ter alguns spoilers durante esta resenha, porém vou tentar ao máximo evitá-los.
Em “Sonhos Com Deuses e Monstros” vemos que uma grande guerra está para acontecer e, por este motivo, esta obra começa retrocedendo alguns dias, e voltamos ao quartel general das forças dos quimeras na Terra, onde Karou e o lobo branco tentam recuperar a energia para obter vantagens na guerra. Eles também contam com a ajuda de Akiva e Liraz, que aparecem na casbá para juntarem forças e acabarem com Jael, que decidiu visitar a Terra em busca de armas de fogo e suprimentos para alimentar o seu combate maligno.
Vemos que vários segredos são revelados neste volume, e que temos uma trama cheia de reviravoltas e acontecimentos. Com muita união e ação, este livro nos apresenta a novos personagens que ajudam a desvendar todos os mistérios da trama construída por Laini Taylor. Achei bem legal como a autora conseguiu colocar tanta adrenalina em todas as páginas nos deixando tensas em alguns acontecimentos, e, mesmo assim, conseguindo nos deixar sempre surpreendidos com a sua criatividade. Apesar de achar que a escritora reduziu um pouco o romance deste volume, para dar mais enfoque em outros novos personagens, gostei bastante da trama.
A narrativa é bastante fluida, apesar de não ser tão rápida em alguns momentos, já que somos pegos em diversas descrições que diminuem o ritmo da leitura, deixando-a um pouco mais cansativa. Porém, isso não chegou a me atrapalhar de uma maneira geral, já que Laini soube fazer uma trama bem eletrizante e cheia de reviravoltas, que consegue prender a gente do início ao fim, e nos fazer querer chegar logo na parte de ação. Com certeza esta foi uma leitura prazerosa e tensa.
O livro é narrado em terceira pessoa, o que para mim é bem legal, já que assim eu consigo acompanhar um pouco do que se passa com todo mundo, de uma maneira mais ampla. Porém, em todo momento temos mais enfoque nos personagens Akiva e Karou, e novos personagens foram acrescentados na história.
O final foi bem legal, achei que a autora soube concluir bem a trilogia, e amarrar todas as pontas que estavam soltas, dando, assim, um ar de conclusão, que muitas vezes sinto falta em algumas leituras. E a autora se superou em termos de quantidade de conteúdo com este desfecho, já que em “Feita de Fumaça e Osso” e “Dias de Sangue e Estrelas” (clique nos títulos para conferir as resenhas), a história não passa de quatrocentas e cinquenta páginas, enquanto aqui são quinhentas e sessenta.
Para quem deseja acompanhar a trilogia, uma dica é também ler a novela “Noite de Bolo e Marionetes”, que foi publicada somente em versão digital, e a Intrínseca também fez a tradução deste e-book, que é considerado o exemplar #2.5 e complementa a história.
A capa, como a dos volumes anteriores, é bem linda e a edição impressa é maravilhosa, com efeitos metalizados nos detalhes e no título, chamando a atenção de longe. Outro fato de que gosto é que os três livros seguem um mesmo padrão, então é fácil reconhecê-los como sendo da mesma série. A diagramação interna também segue o estilo dos anteriores, com fonte e espaçamentos razoáveis para uma leitura agradável e uma ilustração de uma única pena no começo de cada parte. E ainda conta com folhas amarelas.
Recomendo esta leitura para todo mundo que, assim como eu, gostou de acompanhar esta trilogia até aqui, e que gosta de uma narrativa fluida e bem tensa, com vários acontecimentos e personagens incríveis, que deixam a história ainda mais gostosa, e que, apesar de bem complexa, consegue ser transmitida com simplicidade e agradar a gente em vários momentos. Indico a trilogia como um todo e, caso você ainda não tenha começado a acompanhar esta criação de Laini Taylor, é uma ótima dica começá-la agora que todos os volumes já foram publicados no Brasil.
Avaliação



Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha!
    Acredito que essa série não tem a visibilidade que merece! Sou apaixonada por essa história, e estou muito ansiosa para saber como a história da Karou e do Akiva vai terminar!! :)

    Beijos,

    Gabi

    Mundo Platônico

    http://gabiiem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir