Herdeira? - Uma Geração. Todas as Decisões #3.5 - Eleonor Hertzog

Já fazem alguns dias que terminei o livro em questão, e tantos quanto que estou empurrando a resenha do mesmo. As vezes nos deparamos com livros que têm pouco a nos dizer, e ai fica a questão o que devemos dizer aos outros quando nem o livro tem o que dizer? Essa foi a sensação ao final da leitura de Herdeira?, da autora Eleonor Hertzog, da editora Mundo Uno.

No reino Atlante, abaixo do mar, a princesa Katelin se esconde atrás de uma personalidade briguenta e birrenta. Mas sua verdadeira missão é conseguir defender seu povo dos membros do conselho que a todo custo querem poder. Uma nova investida do conselho é descoberta, e agora Katelin juntamente com seus lordes deve correr contra o tempo para evitar milhares de mortes. Mas em que eles podem confiar? O tempo será suficiente?

A protagonista Katelin já apareceu em livros anteriores da série Uma Geração, Todas as Decisões, este livro é um conto do universo, embora eu ache que 170 páginas já configurem um romance. O fato é que tudo que foi narrado no livro em terceira pessoa poderia aparecer diluído nos livros da série, como já é de costume da autora fazer. Digo isso porque o livro acabou soando desinteressante, e sem propósito já que a estória é breve, e não aprofunda grandes segredos da personagem, menos ainda da grande trama.

Katelin é mais uma que vai para escola Avançada de Champ-Bleux, mas diferente de nossa turma do barco Cisne, ela não é uma mera adolescente, é herdeira de um reino que está por um fio. Logo as expectativas em cima dela são excessivas, e ela acaba se escondendo para proteger seu real propósito. Não tive qualquer empatia pela personagem, ela soa como uma pessoa com boas intenções, mas que no fundo não tem muito a compartilhar.

Eu compreendo a ideia da protagonista, e seus amigos Lordes fingirem ser uma coisa, e na verdade serem outra, mas isso foi muito chato! Já que atrapalhou o desenvolvimento dos personagens. E em alguns momentos também acaba tornando a estória repetitiva. Eu esperava por mais detalhes do reino Atlante, e tudo se foca muito nesta mini missão que estes adolescente devem realizar.

Embora seja uma trama perigosa eles são todos muito inteligentes e dotados de poderes, e tudo foi muito fácil. É como observar ricos e nerds brincando em um parque, nada muito fora do esperado. Muitas vezes soava sem graça, sem tensão ou expectativa, pois já sabíamos o que esperar, ou eles resolveriam tudo com seus super poderes, ou alguém que devota proteção a eles resolve.
Ao término do livro não compreendi o porquê deste conto, já que o vital da estória já havia aparecido nos livros da série. Acho que este volume deveria ter explorado o reino Atlante (sim, repito!), especialmente porque muitas perguntas a seu respeito são feitas a partir dos poderes e estória da personagem Peggy, muito poderia ter sido explorado para nos ajudar a compreender de onde esta jovem veio.

Herdeira? pode soar interessante para quem acompanha a série Uma Geração, Todas as decisões, mas como livro único não cumpre sua missão. Infelizmente não funcionou para mim, e diria foi uma decepção. Mesmo assim aguardo ansiosa o desfecho da série.

Avaliação




Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário