A Luz através da Janela – Lucinda Riley


 A Segunda Guerra Mundial deixou muitos destroços e segredos familiares principalmente na família de Emilie, os De La Martinières. Quando sua mãe faleceu, deixando o legado do château da família para ela, a única herdeira, Emilie fica devastada e quer vender tudo para que possa voltar à sua rotina comum de veterinária. Entretanto, Sebastian Carruthers aparece em sua vida para ajudá-la a cuidar de toda a documentação e a consola nos momentos mais difíceis. Emilie se apaixona pela sua gentileza e decide se casar com ele. Assim, ela se muda para a casa do marido, Blackmoor Hall, em Yorkshire. Contudo, a vida que ela, ingenuamente, pensa estar começando bem, trará a ela muitas surpresas e revelações do presente e do passado de toda uma geração.
Primeiramente começo afirmando que este foi umas das melhores descobertas que fiz neste ano, um dos motivos foi que eu nunca havia me interessado por ele, e no dia em que fui à livraria eu só o comprei porque, ele estava com um preço muito bom. E eu esperava um livro que tivesse um final previsível, mas acho que eu nunca estive mais errada. Este livro conseguiu me cativar mais a cada página, a história é perfeita, tem romance, um pouco de mistério, tudo na medida certa, de maneira que você passa horas lendo sem que nem mesmo se perceba.
A história conta sobre Emilie De La Martinières uma personagem que veio de uma família nobre da França, e trabalha como veterinária. Apesar de muitos acharem que ela deveria trabalhar com algo glamoroso devido aos seus status, ela opta por fazer aquilo que realmente deseja, apesar de contrariar a mãe com quem tem uma relação conturbada desde a infância, e que esta, ao morrer, deixa um château, uma casa em Paris, e algumas dívidas, já que a família, embora nobre, estivesse tendo certas pendências financeiras. E em meio a todo esse caos, ela conhece Sebastian Carruthers, que de modo misterioso conta que suas famílias estiveram envolvidas no passado. Emilie, então, se vê obrigada a lidar com a decisão de talvez vender o château para pagar as dívidas da mãe, porém quando pensa em tomar essa decisão resolve descobrir a história que teve naquele lugar, que envolve os De La Martinières e os Carruthers da época da segunda guerra mundial que seria Connie Carruthers e Sophia De La Martinières, em uma complicada história de amor impossível.
Em meio a este caos, obrigada não só a lidar com o luto pela mãe, o misterioso passado de Sophia, que de alguma maneira ainda desconhecida alterou o restante da linhagem De La Martinières, Emilie se vê apaixonando por Sebastian. E, após certos acontecimentos, ela vai morar com ele na Inglaterra e assim conhece Alex, o irmão paraplégico, e entre suas idas e vindas de Paris para acompanhar as mudanças que ela esta fazendo no château, ela descobre que talvez aquele lugar é apenas um dos mistérios em que ela se vê envolvida.
Em relação aos personagens eu simplesmente amei Emilie, ela é uma personagem verossímil, você nota que ela comete erros e acertos, que ela não é aquela personagem perfeita e com ar falso, a leitora pode se identificar com Emilie, entender suas dúvidas, suas escolhas e atitudes, por este motivo eu gostei muito dela. Sebastian é um jovem atraente, inteligente, que realmente faria o estilo de muitas garotas, mas tem uma personalidade que eu diria bem difícil, PORÉM Alex foi minha paixão imediata, porque ele é fofo, bem leal (só quem ler o livro vai entender, se eu falar vou soltar spoiler hahahaha) e mostra que um paraplégico consegue sim ser independendo e neste caso muito sexy hahahaha. Sophia e Connie são personagens das famílias que viveram na conturbada época da segunda guerra mundial, e mesmo que elas tenham se tornado amigas, possuem personalidades diferentes. Sophia é extremamente bela, poetisa e inocente devida a sua cegueira, que fez com que sua família a protegesse muito, mas também é aquele personagem de origem rica e que não está acostumada a passar por dificuldades e nota-se isso com clareza em alguns momentos. Já Connie é uma mulher forte, realista, capaz de passar por muitas dificuldades e passar por qualquer problema que tiver de enfrentar e que, assim como seu marido, luta em favor da França e Inglaterra contra os Alemães nazistas, e é esta causa que juntou as duas famílias, em um laço de amizade que será colocado à prova  em vários momentos.
  Finalizo afirmando que todos deveriam ler este livro, principalmente quem, assim como eu, ama mistério, romance que se passe em épocas conturbadas da história, ou simplesmente para aqueles que apreciam um bom livro. Eu comprei este livro e agora estou louca para ler todos da autora e lerei em breve “A casa das Orquídeas” da mesma autora, e se ele tiver pelo menos UM POUCO da qualidade deste livro já será suficiente para ser um bom livro.
>> Você pode ganhar esse livro! Saiba como: Esse post está participando do Top Comentaristas Nº 09 FORMULÁRIO



Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Eu acho essa capa de muito bom gosto, belíssima.
    Deve ser muito gostoso de ler mesmo, esse livro. Que bom que superou suas expectativas!!!

    abraços,
    Luciana M.

    ResponderExcluir
  2. É a primeira resenha que leio do livro e me surpreendeu, não tinha ideia do que se tratava a história, mas parece ser muito interessante. Eu tenho A casa das orquídeas da mesma autora mas ainda não li e pretendo fazê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  3. Tenho A Casa das Orquídeas, mas ainda não li...Mas algo me diz que os livros da Lucinda são gostosos, eu a vi de longe na Bienal, e ela pareceu super simpática...Quero esse livro, o lugar que se passa já é suficiente!

    Boa Resenha!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  4. Sou doida pra ler os livros dessa autora todas as criticas que li são bem positivas..Um romance histórico e cheio de mistérios, segredos e conflitos *-*Amei a resenha, fiquei bem curiosa sobre o Alex ;)Ele é enorme né >.< Mas se for tão bom quanto parece nem se ver as paginas voarem..Amei a capa ..Bjus

    ResponderExcluir
  5. Olá Angela!
    Os dois livros dela estão na lista, mas agora vou colocar este no meus desejados, vou comprar assim que puder, fiquei bastante curiosa sobre o livro e quero ler!
    Obrigada pela resenha ;)
    Bjs,
    Pati

    ResponderExcluir
  6. NÃO, agora preciso urgentemente desse livro, desde seu lançamento eu estou super curioso para lê-lo, nas resenhas dessa autora eu sempre me enrolo com tantos nomes mas acho que com a leitura do livro tudo isso se acerta ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ah é muito bom quando um livro nos surpreende, vamos sem expectativas e quando chegamos ao final...surpresa.
    Esse livro me atraiu logo de cara pela sinopse, além de ter uma capa linda. Eu tenho a Casa das Orquídeas da mesma autora, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Com certeza sua resenha me instigou a querer ler esse livro.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  8. Angela do céu, não se faz isso com uma viciada em romance histórico + mistério!!! PRECISO dele, omg! Já estava louca pela A casa das orquídeas e já tinha virado fã da autora sem nem ter lido, e aí vem essa resenha pra me tar de vontade de ler outra obra da Lucinda. Woooow e o final é surpreendente, pq eu não o tenho mesmo? WHY?
    Obrigada por compartilhar essa ótima leitura conosco!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Provavelmente lerei A Casa das Orquídeas antes, já que é um livro que eu tenho. =)

    Conheci a Lucinda na Bienal e ela é um amor, quero muito ler todos os livros dela que puder! Desde que vi o lançamento de A luz através da janela fiquei louca por ele, parece bem meu estilo! Pena que ele ainda não está na estante!

    As personagens parecem bem marcantes, isso pra mim é bem importante em um livro! Espero ter a oportunidade de ler logo.

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li nada da autora, mas já fiquei animada quando vi que o livro é bem grande. hahahaha!
    Eu também adoro livros que mesclam romance com mistério, ainda mas quando se passam em outras épocas. Bem ansiosa mesmo para conhecer o trabalho dela.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Esse é O LIVRO q eu quero ler..
    A vontade q eu to de ler esse é enormeeeeeeeee, e eu ja to quase surtando pq REALMENTE PRECISO DELE!!!!! heheh

    Eu li A casa das orquideas e simpliesmente AMEI, foi uma das melhores leituras de 2012 e sempre indico, achei perfeito... e eu nao acredito q ninguem aqui da pagina leu ainda... GENTE CORRE, é OTIMOOOOOOO!

    Angela, eu ainda nao li esse, mas se vc curtiu, é provavel q curta "A casa
    das orquideas" tbm...

    Criei uma grande expectativa por esse livro e eu acredito q nao vou me decepcionar..
    Além da capa ser linda!!!

    Quero muito e preciso desse livro JÁ!!! rs

    Bjinhooos

    ResponderExcluir
  12. Confesso que não me interessei por esse livro, não pretendo ler tão cedo.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir