Em casa para o Natal – Cally Taylor

Quando eu fiquei sabendo que a Bertrand Brasil iria lançar um novo livro da autora Cally Taylor aqui no Brasil logo fiquei super empolgada. Para quem não sabe, Cally escreveu “O Céu vai ter que esperar” (clique no título para ler a resenha) e eu amei a escrita da autora, por isso quando vi este novo lançamento, fui correndo ter o livro em mãos e agora venho contar para vocês as minhas opiniões a respeito desta obra.
Em “Em casa para o Natal” conhecemos a história de Beth Prince, uma jovem de vinte e poucos anos, que não tem sorte no amor, e que toda vez que vai falar “Eu te amo” para alguém, tudo dá errado. Agora ela está com um novo namorado e sente que é a hora certa de falar a famosa frase que espantou todos os seus ex-namorados. Divertida e atrapalhada, Beth é uma protagonista fofa, que consegue nos cativar com todas as suas “aventuras” e confusões e consegue nos arrancar várias risadas em toda a trama. Além de ser uma atrapalhada no quesito amor, ela pode estar perto de virar desempregada, já que o cinema que ela trabalha há anos foi vendido para uma grande rede de cinemas, e somente um funcionário vai continuar como gerente.

Nosso outro protagonista é o Matt, um cara bondoso e encantador que é diretor de uma empresa multiplex internacional que pretende comprar o cinema que Beth trabalha. Muito apegado ao seu avô, já que sua mãe o abandonou cedo, ele está sempre preocupado com a opinião dos outros e, principalmente, que as pessoas não o achem um canalha, pois ele realmente não quer ser um, mas as coisas nem sempre saem como a gente espera e suas aventuras que se cruzam com as da Beth nos proporcionam ótimos momentos.

Em toda a trama ambos os protagonistas aprendem muito, não só sobre si mesmo, mas sobre a vida, e vemos uma história onde nem tudo está perdido, e que quando menos esperamos a vida pode nos proporcionar momentos incríveis que fazem a gente esquecer todos os ruins anteriores. O livro é muito divertido, com uma pegada bem cômica e uma história deliciosa.

A narrativa é em primeira pessoa, alternando os capítulos entre os protagonistas, sendo ora um capítulo sob o ponto de vista de Beth, ora sendo do ponto de vista do Matt, e achei isso bem legal, já que assim conseguimos acompanhar melhor, não só o que acontece com cada um deles, mas seus pensamentos e emoções, o que deixou a trama ainda mais gostosa. A leitura é super rápida e divertida daquele tipo que a gente lê e nem percebe até chegar no final do livro, e do jeito que consegue ser leve e ao mesmo tempo nos prender com os acontecimentos na vida de nossos protagonistas, que acabam se entrelaçando.

A capa é muito bonita, tem brilhinhos nos flocos de neve e só de olhar para ela dá vontade de pegar o livro para ler novamente. A diagramação está ótima, com páginas amarelas e com uma fonte em tamanho e espaçamento confortáveis, fazendo com que a gente consiga ler por mais tempo sem cansar a vista.

Super recomento este livro para todas as pessoas que gostam de uma história leve, despretensiosa e que consegue nos prender do início ao fim, com suas cenas hilárias, personagens incríveis e envolventes e uma trama cativante. Em casa para o Natal é realmente um livro fofo, delicioso, e engraçado.

Avaliação



Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Não conhecia a autora, mas já gostei do livro! rsrsrsrsrrs
    Achei a capa um pouco infantil, apesar da sua resenha mostrar que não é. Mesmo assim adoraria lê-lo!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, mas eu adoreeei a sua resenha! Parece ser bem o tipo de livro que gosto de ler mesmo, e assim que puder, o lerei *-*

    xx Carol
    http://hangoverat16.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tenho muita vontade de conhecer a escrita dessa autora *-*
    Além das capas dos livros dela serem incríveis as criticas que leio são sempre ótimas""
    Gosto demais de historias leves que fluem sem nem ao menos se perceber, daquelas que faz o leitor viajar!!
    Espero ter a oportunidade de ler em breve!!
    Beijos

    ResponderExcluir