A assinatura de todas as coisas – Elizabeth Gilbert

Apesar de eu ainda não ter lido o livro “Comer, rezar e amar” de Elizabeth Gilbert, ouvi falar muito bem dele e li várias resenhas falando sobre como a escrita da autora é incrível, leve e muito bem elaborada. Sendo assim, quando vi que a editora Alfaguara iria lançar um novo título desta autora tão consagrada pela crítica, fiquei louca para ler este novo livro. Agora, venho contar para vocês as minhas opiniões a respeito desta obra.
 A “A assinatura de todas as coisas” conta a história de Alma Whittaker, mas antes de eu falar mais sobre ela, vou comentar primeiro um pouco sobre o seu pai, um homem que nasceu mais humilde, mas que era bastante batalhador, que viajou muito por diversos locais em vários continentes, e nessas viagens apendeu o máximo que pôde sobre plantas e acumulou bastante dinheiro. Assim ele construiu uma fazenda na Filadélfia e colocou seu nome como White Acre. Lá ele criou estufas para estudar plantas medicinais e poder enriquecer ainda mais. É nessa fazenda que nossa protagonista nasce e vive, criando certa aptidão para estudar botânica. Alma cresceu aprendendo muitas coisas, várias línguas, sobre diversas plantas, sobre o mundo, tudo isso sem nem sair da fazenda. Ela tem uma inteligência incrível e por isso aos poucos foi se tornando uma grande botânica.


Vemos como a vida da nossa protagonista muitas vezes não foi nem um pouco fácil, e de como ela reagiu com diversas perdas e decepções. Conhecemos vários personagens que foram inseridos na trama, fazendo parte da vida dela de alguma maneira e acompanhamos todo o drama de Alma, cuja curiosidade é ilimitada fazendo com que este seja um romance repleto de detalhes científicos e botânicos.


Esta é uma trama complexa e bem sucedida com uma leitura ritmada, bem fluida sendo simples e bem detalhada e que consegue nos prender do início ao fim. Os personagens são ótimos e muito bem construídos, sendo alguns bastantes carismáticos e cativantes, que ficam na nossa memória por um tempo, mesmo depois que o livro termina.


A capa, apesar de simples aos meus olhos, é bonita e tem tudo a ver com a leitura. A diagramação está ótima, com letras em um tamanho confortável, assim como o espaçamento entre as fontes, fazendo com que a gente consiga ler por mais tempo sem cansar a vista. As páginas são amarelas, o que também ajuda bastante na hora da leitura.

Recomendo esta obra para todas as pessoas que gostam de um bom romance, que não fala somente de amor, mas também de outros assuntos como religião, natureza, biologia, etc., sendo uma leitura indispensável para quem gosta de um delicioso livro que consegue, de uma forma despretensiosa, nos prender do começo ao fim com sua simplicidade. Mesmo que o livro tenha um pouco mais que quinhentas páginas, quando percebemos já estamos no fim da leitura e, assim que ela acaba, ficamos sentindo falta.
Avaliação






Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Eu amei a capa! Linda demais!
    Tbm nunca li nada da autora, assisti ao filme, mas não gostei muito, como o livro é sempre melhor, espero um dia poder lê-lo!
    Adorei a resenha, adoro plantas e fiquei super curiosa para acompanhar Alma nesta aventura!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.facebook.com/rockanapcm/posts/655338147837326?stream_ref=10

      Excluir
  2. Uma amiga minha já leu “Comer, rezar e amar” e ela disse que era um livro chato e cansativo, muitas pessoas ao qual me falaram sobre o livro tiveram a mesma opinião, por este motivo não leio nada desta autora, meu tempo é tão escasso para leitura que vou logo nos livros que todos amam.
    Bem, depois de ler sua resenha sobre este livro estou repensando a respeito de não ler os livros desta autora. Eu amo romances ainda mais quando envolve outros assuntos bem interessantes ao qual levam muitas discussões e pontos de vista como é a religião.

    E-mail: jejeg8@gmail.com
    Blog: http://worldbehindmywall.fanzoom.net/
    Twitter: https://twitter.com/Blog_WBMW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.facebook.com/jessy.gomes.16/posts/445108792299638?stream_ref=10

      Excluir
  3. Ainda não li o livro "Comer, rezar e amar", mas vi tanta critica em relação a ele, que até fico com receio de comprar o livro, apesar de que cada um tem uma opinião em relação ao livro, é sempre bom ver opiniões né? Mas as opiniões sobre esse livro me deixaram com uma pulga atrás da orelha, mas deixa eu parar de falar sobre o outro livro e começar a falar sobre A Assinatura de todas as coisas. Então, como vi que era da mesma autora, decidi ler a resenha, vai que esse livro tem elogios em vez que criticas.
    Eu adorei a capa, não sei se já disse, mas sou uma amante de capas KKKKK' E essa é uma das que me chamou a atenção, ela é simples, mas ao mesmo tempo é agradável, tem um ar romântico, não sei se só eu achei isso kkkkk'
    Enfim, eu acredito que esse livro seja bom, pela sua resenha, parece que ele proporciona uma leitura agradável. No entanto, eu devo confessar que não gosto muito de biologia, mas é sempre bom ler algo diferente e que misture outros temas. Ele é grandinho, 500 páginas são uma história e tanto, mas eu gosto dos "gordinhos" tanto quanto dos "magrinhos" kkkkk

    Beijos :*
    Contato: Larii.rock@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.facebook.com/larii.xoxo/posts/736619096378945?stream_ref=10

      Excluir
  4. Também não li "Comer, rezar, amar" e nenhuma outra obra da Elizabeth, mas tenho vontade de ler.
    Também adorei a capa do livro, e achei que combinou com a história. Fiquei curiosa para conhecer a história da Alma! Adorei a sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://twitter.com/brunaasouza/status/454830267862376448

      Excluir