Pode beijar a noiva - Patrícia Cabot


Eu já queria ler esse livro há um bom tempo, pois Meg é Meg e sempre tive curiosidade para saber como seria essa história que retratava uma outra época que não é a nossa, já que se trata de um romance histórico.
Ao começar a ler o livro, não me interessei muito pelo que estava sendo narrado pois foi um começo um pouco confuso. Confesso que tive que voltar algumas vezes para conseguir compreender melhor a história já que pula alguns anos sem falar que foi pulado diretamente. 
Fui lendo sem muito interesse, não sei dizer até que ponto ao certo, mas o passar da história foi se tornando cada vez mais interessante e me prendendo, fazendo com que eu passasse a me interessar pelo livro e por sua narrativa.
“Pode Beijar a Noiva” conta sobre Emma, uma jovem que perdeu seus pais cedo e foi criada pelos tios. Ela vivia uma vida boa, porém se apaixonou por Stuart um rapaz um pouco mais velho que tinha frequentado o seminário e que gostava de ajudar os pobres. Ele queria ir para um lugar onde as pessoas realmente precisassem dele.
Como os dois estavam apaixonados resolveram se casar, só que com isso tiveram que enfrentar alguns problemas já que James, o Conde de Denham e também primo de Stuart, não gostou de saber nenhum pouco dessa noticia.
Como as famílias não aceitavam a união dos dois, eles não tiveram outra alternativa a não ser fugir para casar. E é isso que fazem: saem de Londres e vão para Escócia.
A vida não foi nada fácil para nenhum dos dois e depois de seis meses tudo muda, já que ela acaba se tornando viúva.
Mesmo sem marido, porém com muitos pretendentes e sem dinheiro, ela se vira muito bem dando aulas em uma escola simples e sem muitos recursos, já que houve uma epidemia que matou muitas pessoas da cidade, inclusive a professora, fazendo com que eles necessitassem de toda ajuda possível. Mas a chegada do primo do seu ex marido acaba bagunçando, um pouco por assim dizer, a sua vida.
Como em alguns livros da Meg, esse também tem umas cenas um pouco quentes, por assim dizer. Então, se você não gosta de cenas desse tipo pode ser que não goste de alguns pedaços desse livro.
Para quem gosta de romances históricos eu o recomendo, pode ser que no início você queira parar, mas se continuar espero que goste assim como eu. 
Nele vemos que quando menos nos damos conta o amor vence da melhor maneira possível, e que com tempo as coisas se ajeitam.
A capa é super bonita e a Meg Cabot escreveu esse livro com o seu pseudônimo Patrícia Cabot.
Avaliação



Comente com o Facebook:

30 comentários:

  1. Comigo aconteceu o contrário. Eu estava gostando no começo, mas quando chegou lá pelo meio do livro eu estava querendo que acabasse logo.
    Adoro os livros da Meg, inclusive os outros livros históricos dela, mas o Pode beijar a noiva não funcionou comigo.

    ResponderExcluir
  2. Adoro a Meg e já li livro dela como Patricia, porém nunca li um livro sequer dela com cenas hot :/ To curiosa, todo mundo diz que é de te deixar de boca aberta :O
    E lendo assim o assunto do livro, não me interessou tanto, mas tenho certeza que como vc eu vou me interessar pela história, afinal, a meg é a meg né? rsrs
    beijosss

    ResponderExcluir
  3. Oie, como vai? Adorei sua resenha, fiou realmente ótima e despertou curiosidade em mim... Realmente essa capa é linda, e ouço taaaaanto sobre a Meg, eu PRECISO ler algo dela. haha

    É uma estória diferente porém muito interessante

    Bjokas

    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  4. O.O ESSA ESCRITORA É BRASILEIRA KKK
    UMA HISTORIA DIFERENTE...PRETENDO ATE COMPRAR OU PEDIR EMPRESTADO PARA ALGUEM....
    OTIMA RESENHA

    ResponderExcluir
  5. nunca li nada da meg, acredita?
    mas, bem... não sei se é o tipo de livro que eu mais gosto, mesmo!
    mas gostei da sua resenha e acho que apreciaria a leitura! :)

    ResponderExcluir
  6. Da Meg axo q só li 'lições de princesa'. Mas me interessei por esse 'pode beijar a noiva' por não se passar nos dias atuais e ser na Europa *-*

    ResponderExcluir
  7. Ain esse negócio de passagens de tempo sem explicação me irritam quando acontecem, mas por tudo que você escreveu do livro, fiquei com vontade de ler.

    Beijos
    Fernanda
    leitoraincomum.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu também sou outra que nunca leu nada da Meg, mas acho que na minha lista esse não é o primeiro livro que eu vou ler dela >.< Mas adorei a resenha!! Obrigada

    @anasofiachang

    ResponderExcluir
  9. Eu sou super fã da Meg, e já li a maioria dos livros dela, inclusive os que ela escreveu como Patricia Cabot. Fiquei louca quando vi no Wallmart que a Essência ia publicar esse livro.

    Mas mesmo sendo super fã da Meg, tenho que dizer que este não é um dos melhores dela. Também amo romances históricos, e pra quem gosta do gênero, recomendo ler "Aprendendo a seduzir" e "A rosa do inverno", ambos da Meg (publicado sob pseudônimo Patricia Cabot). E agora em novembro sai mais um dela de época, chamado "A dama da ilha". Estou louca pra ler esse livro também! *-*

    Já o "Pode beijar a noiva" achei mais fraquinho, o romance também não foi tão emocionante quantos os outros, e ficou bem curtinho; deu a impressão no final do livro que faltou algo. Mas Meg é diva, e mesmo os mais fracos dela são bem divertidos. Eu rachei de rir na cena da vaquinha. XD

    Beijos!
    (@likepinkandblue)

    ResponderExcluir
  10. Adoro romances históricos!
    Confesso que fiquei um pouco receiosa quando vc disse que não gostou no começo!
    Msm assim vou me arriscar!
    Bjooo

    ResponderExcluir
  11. Meg é Meg ne?!
    Nunca li esse livro, mas sua resenha me incentivou!
    Parece ser muito bom!
    Espero ler em breve...
    beijo,
    Lara
    http://naspaginasdeumlivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Tenho vontade de ler esse livro,mas sempre fico com o pé atras !

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    o livro parece bem interessante, fiquei curiossa.

    Beijos, e muito sucesso!


    @daianedanielski


    Daiane Gainski Danielski

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, mas meu tipo de livro não é esse mesmo com cenas ou fatos mais quentes. Mas mesmo assim adorei a sua resenha e quem venham mais.

    =D

    ResponderExcluir
  15. Eu já havia lido sobre esse livro e uma colega que comprou me mostrou...foi o tempo que tive apenas. E realmente o início não é muito motivante. Achei o início até fraco.

    Minha colega ainda não terminou, mas espero que ela tenha essa boa impressão que vc teve no final do livro. Para mim, no entanto, não teve a faísca.

    Bjs,
    Annie
    @annielus

    ResponderExcluir
  16. A Meg é mesmo uma ótima escritora! Eu sou apaixonada por todos os livros dela! Esse eu ainda não li, mas já está na minha lista de Natal!
    Eu quero muito!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Esse foi o primeiro (e único até agora) livro que li onde a Meg assinou como Patricia Cabot. Tinha muita curiosidade para ler esses livros, principalmente por serem romances históricos escritos pela Diva Meg Cabot.
    Li esse livro a alguns meses e gostei muito da história, que começou meio morna, mas foi ficando melhor a cada página virada, tanto que no final eu não conseguia mais largar o livro, já que precisava saber qual seria o desfecho da história!
    O James é um personagem ótimo! Maravilhoso, como costumam ser a maioria dos personagens masculinos criados pela Meg! A protagonista da história é bastante teimosa em alguns momentos, mas também é uma mulher muito forte.
    Realmente gostei muito da história, tanto que Pode Beijar a Noiva se tornou um dos meus livros favoritos da Meg, com certeza merece ser lido!

    ResponderExcluir
  18. Já li esse livro, o começo foi bem chato, mas depois ficou melhor! A Meg escreve muito bem!
    Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  19. Adoro Meg Cabot, agora quando se trata de Patricia Cabot acabo gostando mais. Acho que pela narrativa, ou então pela época. Adoro romances históricos - não necessariamente hot.

    Já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca cheguei a procurar a fundo ou ler alguma resenha. Gostei da resenha - pra variar, rs - e achei o conteúdo do livro interessante. Talvez pelas confusões que o livro demonstra ter, esse livro parece ser bem melhor que "Aprendendo A Seduzir" - uns dos que eu não cheguei a curtir muito.

    Fiquei curiosa! *-*

    @moonribeiro

    ResponderExcluir
  20. Eu ainda quero muito ler, pois nunca li nenhum livro que a Meg (Diva) Cabot tenha assinado com o codinome Patricia! Então, acho que deve ser incrível, tenho certeza que vou gostar!

    ResponderExcluir
  21. AAAH! Eu sempre quis ler esse livro! *-* Esse e 'Aprendendo a seduzir' estão na minha listinha faz TEMPO! Muita gente não gostou muito do livro, acho que foi por isso que não fiquei desesperada em comprar! (é chato quando as pessoas não gostam! Dá um desanimo! UAHUAHUAHAH) Enfim! Não sabia que é um romance histórico! *-* Amo romances assim, mas ultimamente ta difícil encontrar um que me agrade! D: Eu adoro essa capa! :') Acho tão fofa!
    Parabéns pela resenha meninas! *-*

    Beijos!
    @Jhenysampaio

    ResponderExcluir
  22. Romance mexicano por Meg Cabot, isso que pareceu hahaha!
    Nunca li nada da Meg como Patricia, mas muita gente gosta né.
    Pela resenha fiquei com pena da personagem, coitada, só coisa ruim acontecendo.
    Não fiquei tão afim de ler agora, apesar de estar na minha listinha de desejos, mas nd de urgente! Algum dia eu leio hehe!

    Tb acho a capa linda! Adorei a resenha!

    beijoos,
    Aninha
    True-Insights

    ResponderExcluir
  23. Parabéns pela resenha! Estou ansiosa para ler Pode Beijar a Noiva! Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Louca pelo livro!!
    Adoro Meg Cabot, mas devo confessar que os livros sob o pseudonimo dela são meus favoritos!! Quem disse q ela ñ sabia escrever sobre sexo, caiu do cavalo!
    Amei a resenha, ñ sabia q o livro era td isso, e fiquei mais interessada ainda
    Bjs querida^.^

    ResponderExcluir
  25. Acho que sou uma das poucas pessoas que nunca leram nenhum livro histórico da Meg, apesar de eu ter alguns e todos que ela escreve com o pseudônimo de "Patricia Cabot" me interessarem, até hoje não surgiu a oportunidade...
    Esse aí eu tinha visto o lançamento, mas nem sabia sobre o que falava AHSUAHSUHA. Achei legalzinho, mas ainda prefiro (pela sinopse) Aprendendo a seduzir ;)
    Bjs,
    Isa ~ portal dos livros

    ResponderExcluir
  26. Eu quero ler, nunca li os livros da Meg sob o pseudônimo de Patricia, mas morro de curiosidade *-*

    Adorei a resenha, e se eu achar o comecinho chato não vou querer desistir!!

    Nan Pires
    http://insideastory.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Também acho a capa muito linda! E deve ser interessante mesmo o livro. Não sou muito fã de livros de época, mas se tem romance, já é um ponto para eu ler.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos
    @SecretsOfBook
    http://secretsofbook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Ai! q lindo (e triste), eu quero lê, pulo os outros e agora é o segundo da lista (atras do "não sou esse tipo de garota"), amei a historia, faz exatamente o meu tipo!!!! tô apaixonada <33

    ResponderExcluir
  29. Sim a capa é linda e puxa eu quase ganhei o livro, estava na expectativa de ler ele e no fim!!! não ganhei agora vou ter de esperar uma eternidade para ler o livro bubu
    muito triste :p
    um dia quem sabe
    abraços

    ResponderExcluir