A Fortaleza do Dragão - Os Mistérios de Warthia #02 - Denise Flaibam

Honestamente não sou chegada a ler livros de uma mesma série na sequência, porque costumo me entediar facilmente permanecendo na mesma estória. Mas também não deixo para ler os demais volumes muito tempo depois porque a memória não ajuda, infelizmente nem sempre está disponível as continuações, e volta e meia me vejo lendo um volume sem quase lembrar do primeiro! A Fortaleza do Dragão (Os Mistérios de Warthia #2), da brasileira Denise Flaibam teve este espaço de tempo que dragou minha memória.

Depois de descobrir que é a escolhida para cumprir uma antiga profecia, Serafine Delay parte em busca de um novo mestre para ensiná-la no reino do deserto do Oeste. Junto a seus guardiões a jovem não sabe o que a espera, além das sombras, o passado de seus guardiões vem a tona e cobram as contas do passado. Serafine terá que ir além de seus poderes e lutar por Warthia na Fortaleza do Dragão.

Da essência da estória eu me lembrava, mas dos pequenos detalhes eu infelizmente não me lembro, isso porque o primeiro volume da série me agradou bastante. Mas isto poderia ter sido minimizado se a autora tivesse feito um breve resumo no início do livro, ou mesmo, usado de algum recurso narrativo para nos lembrar dos principais pontos do que já ocorreu. A trancos e barrancos eu fui me lembrando da estória.

Flaibam continua com sua narrativa em terceira pessoa realizada de forma muito madura, ela ainda é muito nova para escrever como o faz, e fico contente e na expectativa do que o tempo irá fazer com a escrita dela. Ao contrário do primeiro volume que teve a ação logo em suas primeiras páginas a primeira parte do livro embora tenha tido um embate com escorpiões gigantes demorou um pouco a se desenrolar e dizer ao que veio.

Passei diversos momentos de raiva ao saber mais do passado de Jarek, e do preconceito que ele enfrenta pela raça ao qual pertence. Isso me irritou muito, especialmente porque foram atitudes que se prolongaram ao longo de milênios e que no momento atual da trama já não se justificam. Mas isso não é um problema do livro, mas minha empatia pela causa de jarek.

Ývela teve uma descoberta pessoal que a chocou, e achei interessante saber mais sobre quem ela é, e o que já passou. Honestamente estou muito curiosa para saber mais das estórias e características do reino que ela pertence. Espero que em algum momento a autora lance um livro paralelo nos relatando mais. Não um livro breve, mas um tão grande qt estes da série.

Serafine não sofre grandes transformações, apenas o espírito que está nela é quem ganha mais poder e domínio sobre a menina. O fato de ela custar a entender sua relação com Jarek também a atrapalha profundamente, já que ele é um ponto de apoio, e seus sentimentos também podem ajudá-la a se fincar mais na realidade.

Agora devo dizer que admiro a paciência que ela tem quando em todas as vezes em questiona sobre sua natureza e sua missão, e tem como resposta que as coisas irão vir a ela no momento certo. Acho que adolescentes por natureza não tem este temperamento, e esperava um pouco de revolta e rebeldia dela.

Gosto muito do universo que a autora criou onde praticamente todos os tipos de criaturas mágicas existem, e onde cada reino está ligado a um elemento específico. E por estas criaturas serem comuns a estes lugares eles surgem como mais um em meio aos humanos, logo acabamos perdendo um pouco da riqueza das raças, e das especificidades delas, já que não são novidade, fazem parte dos locais.

O desfecho do livro não nos trás um alívio temporário, ao contrário, todos continuam em um jornada pelas trevas sem a menor perspectiva de coisas boas. E claro terminar um livro desta forma nos deixa um pouco desanimados, ainda mais porque ela está a caminho de um reino que já está corrompido.

A Fortaleza do Dragão é um ótima sequência desta fantasia brasileira com cara de gringa, é atemporal e nos brinda com uma estória envolvente. Sua continuação As Brumas de Ébano ainda não foi lançada, e espero que não tarde, porque a memória de quem vos escreve não promete não se esquecer rs.

Avaliação








Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário