Gregor – O guerreiro da superfície – Suzanne Collins


Como ainda não tinha lido nenhum livro da autora Suzanne Collins, estava muito curiosa a respeito de sua escrita. Todo mundo fala tão bem de Jogos Vorazes (provavelmente você também já ouviu falar desta série por aí), e de como a autora consegue descrever as cenas do livro de forma eletrizante, que eu estava doida para ler um livro dela.
Resolvi começar por “Gregor – O guerreiro da superfície”, primeiro livro da série de 5 livros, que foi lançado antes de Jogos Vorazes, e tem uma temática bem interessante. E não me arrependi nem um pouco com isso. O livro é ótimo e nos prende de uma forma muito boa.
A trama gira em torno de Gregor, um menino de onze anos que mora com sua avó, mãe e duas irmãs. Seu pai havia desaparecido dois anos antes de começar a história e, por isso, o menino se sentia triste muitas vezes. Ele não gostava nem um pouco de pensar no futuro para não ficar criando falsas esperanças, nem trazer falta de sorte. Mas ele tinha certeza que seu pai amava demais a família para sumir assim do nada, e que qualquer dia ele poderia voltar.
Como sua irmã iria para acampamento e sua avó não estava tão lúcida para cuidar de sua irmãzinha de dois anos, “Boots”, e sua mãe trabalhava, era ele o responsável por cuidar da menina.
Certo dia, quando ele vai lavar a roupa no porão de seu prédio (que contém uma lavanderia), enquanto espera as roupas que colocou na máquina de lavar, ele vai brincar com a sua irmã de jogar bola para ela pegar (já que ela adora brincar com bola). Porém, ele acaba vendo-a entrar em um duto de ventilação que estava aberto e, mesmo correndo para tentar conseguir tirá-la dessa situação, ele se vê caindo nesse buraco juntamente com a menina.
Havia uma névoa que fazia com que a queda não fosse brusca, o que fez com que eles chegassem bem ao fim da longa queda. Mas eles descobriram que estavam em um local escuro e com baratas falantes.
Foi assim que Gregor e Boots foram parar no Subterrâneo, um lugar onde muitas coisas acontecem com os dois. Local onde acreditam que ele é um guerreiro de uma profecia, e que pode salvar os humanos que vivem lá embaixo, em uma cidade chamada Regália, de uma guerra.
Então, ele se vê em uma jornada com sua irmã de dois anos, baratas morcegos, aranhas e humanos, para tentar salvar a cidade dos ratos, bichos enormes e que antigamente mataram os pais de Luxa, princesa e futura rainha de Regália.
O livro é realmente bom e nos prende demais. Confesso que no princípio fiquei com um certo nojo ao pensar em uma barata gigante e tal, mas depois eu acabei imaginando o inseto de uma forma diferente dos que existem por aí e que são nojentos, e passei a gostar mais da história.
A narrativa é surpreendentemente boa e a história flui de forma rápida e gostosa de ler. A trama contém bastante aventura, uma pitada de suspense e consegue mexer com as nossas emoções, fazendo com que a gente fique torcendo para que tudo dê certo com os personagens principais. Super recomendo para todos. A capa é muito bonita e tem tudo a ver com a história.
Avaliação










>> Esse post está participando do Top Comentaristas Nº 02 - FORMULÁRIO


Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Eca, baratas gigantes! :p
    Não sabia que ela já tinha escrito outros livros. Essa trilogia veio antes ou depois dos Jogos? Parece ser bem interessante!

    @gaveta_aband

    ResponderExcluir
  2. Estou para receber esta série para resenha e at´então ainda não tinha lido nenhuma resenha dos livros...pelo visto não me arrependi da solicitação e ja estou doida pra começar a leitura.

    Vanessa - Balaio

    ResponderExcluir
  3. Ai adoro esta autora, voce deveria ler a série A REBELIÃO DAS TREVAS, o livro 2 é aquele seis signos da luz :p eu tenho os dois primeiros livros, falta mais tres
    e sério, são otimos

    @Mayh_Fernandes

    ResponderExcluir
  4. Ainda não tive oportunidade de ler de nenhum livro da autora e pela sua resenha e os elogios pelos outros livros, sua estória e escrita deve ser muito envolvente e emocionante.

    Bjs

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  5. OMG não queria morar em um reino com esses tipos de bichos, sai fora !
    Adorei ! Tô super apaixonada pela resenha s2

    wwwflavynhasz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha, já li Hunger Games e OH LORD, com certeza uma das melhores trilogias que eu já li, espero que quando você for ler Jogos Vorazes curta tanto quanto eu...
    E espero também gostar de Gregor, adoro historia deste gênero e uma boa aventura com seres/bicho estranhos e novos. Mais um universo que eu ainda vou conhecer. *-*

    Beijocas :*
    Maccky | Maccky's Bookshelf
    http://macckysbookshelf.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Amei a sua resenha!

    Esse parece mesmo ser um desses livro que nos prende.

    Baratas gigantes? Se uma barata pequena já é nojenta, uma gigante então. rsrs

    Quero muito ler esse livro, vou adicionar na minha lista de desejados.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi flor! Obrigada pela visita e pelo comentário =D.

    Acho essa série muito legal e gostaria muito de ler =D, já são 3 livros, aiai rs. Bj!

    www.falandodelivros.com

    ResponderExcluir
  9. Estou pasma. Não sabia que ela havia escrito outros livros.

    Ahhhh! ECAAA... baratas gigantes? Isso é mega nojento haha.

    Adorei a resenha!
    Beijos
    http://aoinfinitoealem.com

    ResponderExcluir
  10. Hey
    Ahh primeira resenha que leio sobre esse livro, e adorei
    Confesso que julguei pela capa.. nossa daria um ótimo filme.

    Pior coisa de barata é voar, o bicho já é nojento e voar é sacanagem HAHAHA

    Também sou super curiosa pra ler algo da Suzanne!

    Parabéns pela resenha

    Tem umas promoções no ar, se quiser participar...
    Bom final de terça
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Eu tô bem curiosa com essa coleção, eu vou esperar a Bienal aqui de São Paulo pra ver se eles não fazem uma promoçãozinha já que o quarto livro vai ser lançado lá...

    Td livro que nos leva a outros mundos é minha praia =]

    Miquilis:

    Bruna Costenaro (bruheadbanger@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  12. Eu já li os dois, estou terminando o terceiro livro! Muito bom mesmo! Recomendo! Por mais que tenha baratas de 1,20m de alutra e ratos de 1,80m, ele é bem emocionante. Confesso que chorei, como em todo o libro da Suzanne. RECOMENDO MESMO!

    ResponderExcluir