Louco aos Poucos - Libba Bray


"Louco aos Poucos", de Libba Bray, conta a história de Cameron, um garoto de 16 anos que mora no Texas, estuda, e tem uma vida totalmente fracassada, sendo que o que realmente importa para ele é ter o seu baseado, para poder tornar o seu dia um pouco suportável. 
Não tem vida social e não tem uma boa relação com a sua família. Seu pai só pensa em trabalho, sua mãe vive num outro mundo, ela nunca acaba de fazer o que começa, e sua irmã chamada Jenna, que é totalmente o seu oposto e que faz parte do grupo dos populares, o ignora completamente. 
O único lugar que podemos dizer que ele é aceito é no banheiro, meio estranho dizer isso, mas já vou explicar. Ele é aceito no banheiro, porque é dos maconheiros e, como ele faz uso, já é praticamente da turma, um local em que podemos dizer que só tem gente que não bate muito bem da cabeça.
Do nada a sua vida muda e ele começa a ter dormências em algumas partes do corpo, a ter tontura e começa a ver coisas absurdas. Logo de início todos pensam que isso é efeito decorrente do uso das drogas, mas acabam descobrindo que ele tem a doença chamada Creutzfeld – Jakob, conhecida como a doença da vaca louca. Essa doença não tem cura, no qual só existem alguns dados experimentais. Devido à descoberta da sua doença, a escola e alunos da escola começam a fazer uma homenagem para ele, os mesmos que sempre o rejeitaram.
No hospital ele recebe a visita de Dulcie, uma anja punk, que já vinha perseguindo-o há algum tempo. Como ela diz, não é uma anja, mas sim uma mensageira, que vem trazer uma missão para ele na qual não apenas salvará o mundo, com também irá ser curado pelo Doutor X, que é o único que pode curá-lo. Mas, para que ele possa realizar essa aventura, ele precisa que o seu novo amigo de quarto (Gonzo) o acompanhe, um anão que podemos dizer que é muito neurótico em relação a tudo. Muitas coisas vão acontecer nessa viagem e novos personagens vão surgir, um dele é Balder, o anão de jardim, que na verdade é um deus viking, que precisará da ajuda de Cameron e Gonzo para se libertar de sua maldição.

Essa é uma história interessante onde coisas malucas vão acontecer. Para gostar da leitura é preciso manter a mente aberta para todos os acontecimentos que irão surgir nessa aventura. Um livro que é realmente uma mistura onde se encontram anjos e cientistas é uma verdadeira loucura, mas é uma história gostosa de ler.
Avaliação



Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. Estou adorando todas as resenhas que vejo sobre esse livro. haha
    Parece ser um tanto diferente, né? Meio trash e tal. =P
    Mas eu gosto de livros assim, vamos ver o que eu acho quando ler. ^^

    ResponderExcluir
  2. Achei esse livro muito interessante :)
    nunca ouvi falar de alguém que aborde a doença da vaca louca, né? muito legal!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Se eu não parar de entrar aqui, vai rolar uma falência de tantos livros que eu to querendo ler..
    hahahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. jah tinha lido sobre o livro, achei bem lgl, jah tah na listinha!^^

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  5. Ah, to querendo muito ler esse livro, parece ser bem flopado haha!
    Tenho lido tantas resenhas boas sobre ele, mas acho que você não curtiu muito né, 3 casinhas =/
    Bom, só lendo pra saber!
    Me dá de presente?
    hahaha!
    beijões
    Aninha
    @trueinsightsnet
    http://true-insights.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. E toda essa loucura foi o que mais me chamou atenção no livro, depois da capa, claro, que eu adorei. Então, quero MUITO ler. Será uma das minhas próximas aquisições.

    ResponderExcluir
  7. Achei bem legal a estória do livro, parec bem divertido, mas fico pensando o que acontece tanto nessa estória para tantas folhas? *curiosidade*.
    Nossa mas vamos combinar que a capa é tão bonita, eu gostei muito. Ah e também porquê ele têm que ser tão caro?
    ashuashusa

    Beijos;*
    http://deliriosdesalome.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Aff, ao ler o começo da resenha eu não esperava nada diferente de um jovem maconheiro, mas comecei a rir quando li o resto da resenha, a autora juntou umas coisas meio loucas kkkkk.

    ResponderExcluir
  9. Kero ler...gostei da historia kkkkk

    ResponderExcluir
  10. ah não gostei muito não :/ achei meio louco e sem graça, é aquele tipo de livro que eu tenho certeza que se começasse a ler iria abandonar logo. Enfim, não faz meu tipo de livro.

    ResponderExcluir
  11. este eu não morro sem ler
    e espero não me decepcionar, mesmo você ter dado apenas tres casinhas, alguma coisa no livro
    me interessou e não vou deixar de ler
    sei que vou gostar

    abraços
    adorei o livro
    linda capa

    ResponderExcluir